Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Nova fase da Operação 'Latro I' prende seis pessoas em Santarém

Todos foram encaminhados para a 16ª seccional onde foi lavrado o flagrante. Um dos presos foi o responsável por um latrocínio, onde um comerciante foi morto a tiros por uma quadrilha especializada em roubos de residências

Ândria Almeida / O Liberal

Duas mulheres e quatro homens foram presos na manhã deste terça-feira (18), em Santarém, no oeste do Pará, em uma ação conjunta das polícias Civil e Militar. A nova fase da operação 'Latro I" aconteceu com o objetivo de aplicar a repressão aos bandidos que praticaram crimes no final do ano passado no município. Para isso, houve o cumprimento de alguns mandados de prisão.

O superintendente da Polícia Civil, delegado Jamil Casseb, informou que um dos presos foi o responsável por um latrocínio no bairro do Ipanema, ocorrido em novembro do ano passado. Onde um comerciante foi morto a tiros por uma quadrilha especializada em roubos de residências.

Ainda no mês passado, foi efetuada a prisão do elemento identificado como Jhon, segundo a polícia, foi ele quem fez os disparos que tirou a vida do comerciante no bairro Ipanema. Já na prisão de hoje, mas um membro dessa quadrilha foi levado para a delegacia, o homem foi identificado como Diego, mais conhecido como “Fala Fina”.  Nesse caso, foi ele quem travou uma luta com a vítima na época, imobilizando o comerciante para que o comparsa Jhon fizesse o disparo fatal.

Nova fase da Operação 'Latro I' prende seis pessoas em Santarém

“Entre os presos está o Guila, que é responsável pela disciplina e contabilidade da facção. Além de outras duas pessoas, as traficantes Wanda e Raquel. Todos têm passagem pela polícia e são de alta periculosidade. Estamos dando essa resposta para a população, mostrando que todos vão ser responsabilizados pelos atos cometido", relatou o delegado Jamil.

O coronel Aldemar Loureiro Maués Júnior, Comandante do Comando de Policiamento Regional 1 (CPR-1), fez um balanço das diligências e informou que “foi uma operação conjunta entre a equipe de inteligência da ´polícia militar junto com o setor de investigação da polícia civil, que levantou os dados e conseguiu os mandados de prisão e foram deflagrados. Conseguimos apreender drogas, jóias, celulares e dinheiro”, informou.

Um sargento foi morto na ação dos criminosos

Um crime que também teve desfecho foi o assassinato do sargento Cardoso, ocorrido no bairro Santarenzinho no ano passado. Na ação de hoje o suspeito de envolvimento dessa morte foi preso.

Todos foram encaminhados para a 16ª de  seccional de polícia onde foi lavrado o flagrante.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA