CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X
logo jornal amazonia

Mulher é presa suspeita de transportar mais de 10 quilos de maconha em Juruti

A ação da Polícia Militar ocorreu na tarde de terça-feira (28), no Rio Amazonas, oeste do Pará

O Liberal

Uma mulher de 22 anos foi presa suspeita de realizar o transporte de mais de 10 quilos de maconha. Segundo as informações policiais, a investigada teria saído de Manaus, no Amazonas, e tinha como destino o Estado do Ceará, mas foi capturada na cidade de Juruti, oeste do Pará, na tarde de terça-feira (28). A suspeita teria descido da embarcação e deixado a droga para trás, na tentativa de fugir da polícia, mas foi alcançada e conduzida para a delegacia.  

Conforme a PM, a inspeção ocorreu em uma lancha que fazia o trajeto de Manaus, pelo Rio Amazonas, até Santarém. Os agentes localizaram, no porão, uma bagagem onde estavam dez tabletes de entorpecente, totalizando 10,805 kg da substância que aparentava ser maconha. Uma mulher de 22 anos foi apontada como proprietária da mala apreendida. Na apuração os policiais descobriram que a suspeita desembarcou antecipadamente na cidade de Juruti, tentando fugir da polícia, mas o destino final dela seria o município de Santarém. A Polícia conseguiu localizar e prender a mulher.

Dentro da mala, os PMs ainda encontraram uma passagem de avião de Fortaleza para Manaus, além do ticket da bagagem. Ao ser indagada, a mulher teria confessado à polícia que o entorpecente seria entregue em Fortaleza, capital cearense. E que a passagem de avião para retornar a Manaus já havia sido paga. Com isso, a suspeita de tráfico de drogas foi encaminhada para, juntamente com o material apreendido, para a Delegacia de Polícia Civil.

Em nota, a Polícia Civil informou que uma suspeita foi apresentada pela Polícia Militar à delegacia de Juriti, onde foi presa em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

 

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA