Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Mulher é assassinada com tiro de cartucheira em Marabá

O suspeito fugiu do local, logo após o crime, e ainda não foi localizado

O Liberal

No início da noite do último domingo (16), Gracilene Melo de Araújo foi assassinada com um tiro de cartucheira, por volta das 19h30, na vila Boa Esperança, próximo ao Setor Industrial da Vale, em Marabá, no sudeste do Pará. Com informações do site Debate Carajás.

A Polícia Militar foi acionada, mas, ao chegar ao local do homicídio, a vítima já se encontrava sem vida. O esposo dela, Márcio da Silva Almeida, relatou para a PM que a companheira foi executada por um indivíduo, identificado apenas como André. Não foi divulgado o motivo do assassinato da mulher.

O suspeito seria um elemento violento e de alta periculosidade. De acordo com testemunhas, André gosta de se exibir com armas de fogo nas redes sociais. Depois de matar Gracilene Araújo, ele fugiu em um veículo Sandero, cor prata, e não foi mais visto, no Núcleo Nova Marabá.

O corpo foi removido por uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) para realização de exames cadavéricos. A Polícia Civil investiga o caso, mas o suspeito ainda não foi preso. A vítima foi a óbito ainda no local do atentado. Depois de periciado, o cadáver foi liberado para o velório.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA