Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Morre 'Jimmy', cão de guarda e proteção que atuava no policiamento ostensivo da PM

O animal chegou à unidade ainda filhote e morreu de causas naturais

O Liberal

Morreu no início da manhã desta quarta-feira (12) o cão de guarda e proteção "Jimmy", da raça Rottweiler, que tinha sete anos e atuava no Batalhão de Ações com Cães (BAC), da Polícia Militar, diretamente nas ruas participando do policiamento ostensivo. O animal chegou à unidade ainda filhote e morreu de causas naturais.

A cerimônia de despedida foi realizada na sede da unidade no complexo da Polícia Militar, localizado no bairro do Marco, em Belém, como forma de reconhecimento dos oficiais e praças do batalhão ao cão. O animal dedicou toda a sua vida ao serviço policial militar e contribuiu nas operações policiais para combater a criminalidade no Estado.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA