Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Modelo de Castanhal é agredida por ex-namorado que não aceita fim da relação

Câmeras de segurança flagraram o momento em que a jovem tenta fugir do suspeito, mas é alcançada por ele

O Liberal

Um homem, identificado como Júnior Martins, está foragido após ter agredido a ex-namorada, a modelo Débora Layla, de 22 anos, por supostamente não aceitar o fim da relaçãoO crime aconteceu no segunda-feira (29).

O caso ocorreu no bairro Ianetama, em Castanhal, no nordeste do Pará. Câmeras de segurança flagraram o momento em que a modelo tenta fugir do suspeito, mas é alcançada por ele.

Nas redes sociais, Debora disse que já tinha sido agredida pelo ex durante o relacionamento e terminou após descobrir traições da parte dele

“Hoje, dia 29/08/2022, fui agredida. Lembrando que não foi a primeira vez. Por ele não aceitar que não estamos mais juntos e estou seguindo minha vida. Se você estiver passando por agressão, não se cale. Juro que hoje achei que seria meu último dia de vida”, escreveu no post que inclui fotos dos hematomas deixados pelo agressor.

Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia da Mulher. Em nota, a Polícia Civil (PC) informou que o caso é investigado pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Castanhal. "A Polícia Civil informa que o caso é investigado pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Castanhal. A vítima teve a sua residência arrombada pelo ex-companheiro, que a agrediu, danificou seus pertences e a ameaçou, em razão de não aceitar o fim do relacionamento. Ela foi atendida na delegacia especializada e encaminhada para atendimento médico. A ação foi gravada por câmeras de segurança que estão sendo analisadas pela delegacia. Diligências seguem sendo feitas para localizar o autor do fato", diz o comunicado da PC. 

 

 
Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA