Menina de nove anos é achada morta com facadas na cabeça em Tomé-Açu

Criança saiu para tomar banho em igarapé e não foi mais vista com vida

No final da noite desta quinta-feira (06), um crime trágico chocou os moradores de Tome-Açu, que ficaram sabendo que uma menina de apenas nove anos havia sido morta em uma comunidade da zona rural do município. A menina saiu para tomar banho em um igarapé perto de sua casa, e quando foi vista de novo pelos parentes, estava morta, com ferimentos de faca na cabeça.

De acordo com informações da 14ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), o caso foi por volta das 19h, na Vila de Barro Alto, na zona rural. Somente algumas horas depois, já no meio da noite, a polícia ficou sabendo do crime e foi ao local. Lá, eles encontraram o corpo da criança, com cortes profundos feitos a faca na cabeça, além de marcas de ferimentos em seu pescoço, o que pode indicar que ela foi agredida ali também.

Segundo parentes, a menina havia saído de casa mais cedo para ir tomar banho em um igarapé. Como já escurecia e a criança não retornava, os familiares começaram as buscas, com a ajuda de outras pessoas da comunidade. Com apenas alguns minutos de procura, o corpo da menina foi achado em uma área de mata, com os cortes profundos e já sem vida.

A Polícia Militar local informou que a delegacia de Polícia Civil de Tomé-Açu já acompanha o caso. Até o momento, não se sabe quem cometeu o assassinato da menina, mas há a suspeita de que um homem possa ter feito tal barbaridade para se vingar de uma mulher, parente da criança. As investigações tentam aprofundar essa versão e chegar a um suspeito.

O corpo da menina foi removido ao Hospital da Secretária Estadual de Saúde no distrito de Quatro Bocas, e de lá, foi removido por agentes da Unidade Regional de Castanhal do Centro Perícias Científicas Renato Chaves.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA