logo jornal amazonia

Jovem moradora do oeste do Pará alega ter sido estuprada por casal em forte relato; vídeo

O casal foi compartilhado nas redes sociais e causou comoção

O Liberal

Uma jovem, identificada como Vandrilza dos Reis, de 19 anos, moradora da cidade de Juruti, no oeste do Pará, alega ter sido vítima de estupro. Um relato forte foi gravado pela vítima e publicado por um portal local. O caso ocorreu no último domingo (13) e a violência teria sido praticada por um casal de amigos, que a jovem diz que confiava.

Assista:

“Eu já conhecia o casal há anos, então, não era a primeira vez que eu ia para esse tipo de churrasco com eles. Pela manhã, ela mandou mensagem me convidando e eu aceitei. Às 10h, mandei mensagem dizendo que estava pronta, ela disse que no momento estava sem moto, que era pra eu pegar um táxi para ir para a casa. Eu não queria ir sozinha, convidei uma conhecida da família e fui pra lá”, iniciou.

Segundo Vandrilza, já na casa do casal, a mulher do casal chegou a sugerir que o homem sentia ciúme das duas juntas. “Ela sentou do meu lado e disse bem assim: ‘o meu marido não tem ciúme de mim com homem, tem ciúme de mim com mulher’, e falou que ele estava me olhando. Realmente, ele tava me olhando mesmo, mas não dei importância, continuei lá, comecei a beber e comer”, continuou.

Logo em seguida, após a jovem ir ao banheiro, ela foi surpreendida pela mulher, que a levou para dentro do quarto do casal e tirou a roupa da vítima, enquanto o homem trancou a porta. “Ele subiu em cima de mim, começou a penetrar. Todo momento eu pedia para ele parar, para ela me ajudar, para tirar ele, mas ela segurava a minha perna o tempo todo. Eu disse que ele estava sem preservativo, ela falava que ia ser rápido, que ele não ia gozar dentro de mim. (...) Na hora que eu empurrei ele, ele ejaculou no meu corpo”, disse aos prantos.

Após o homem concluir o ato, a mulher do casal continuou estupro. “Antes dele ir embora, ele pediu que ela parasse, ela virou pra ele e falou que não, que só ele tinha se satisfeito, mas ela não, ela ainda queria chegar no orgamos dela. Então ele foi lá para fora”, completou. 

A violência só foi interrompida depois que o homem voltou dizendo que a jovem estava sendo procurada pela amiga da família que ela levou para o churrasco. “Eu só quero pedir justiça, porque o que fizeram comigo, não se faz. Eu confiava neles, jamais imaginaria que eles iam fazer isso comigo e agora, estou aqui”, concluiu.

Ainda de acordo com o site local que publicou o relato, a vítima procurou a polícia logo depois que saiu da casa e o casal foi identificado e preso, mas solto logo em seguida. A Redação Integrada de O Liberal entrou em contato com a Polícia Civil para saber detalhes sobre o registro da ocorrência e aguarda um posicionamento.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA