logo jornal amazonia

Jovem foi degolado enquanto dormia após noite de bebedeira

O ferimento possivelmente foi provocado por um facão. Um suspeito foi preso

O Liberal

Um jovem de 23 anos foi encontrado morto, na manhã desta terça-feira (4), por volta das 7h30, dentro de uma rede, em um terreno na rua Getúlio Vargas, no bairro Jardim Colorado, em Tucuruí, no sudeste paraense. Leonardo Soares, como foi identificado, apresentava um corte profundo no pescoço, possivelmente provocado por um facão, segundo moradores da área. Horas após o assassinato, a polícia conseguiu localizar e prender o suspeito João Vitor Barbosa da Silva, de 20 anos. O crime teria sido motivado por uma rixa antiga entre os dois.

VEJA MAIS

População espanca homem acusado de abusar sexualmente de criança de 9 anos
Polícia Civil diz que o homem foi preso em flagrante e que a investigação segue em sigilo

Corpo de idoso é encontrado boiando no Rio Tucuruí, em Vitória do Xingu
Vizinhos disseram que a vítima morava sozinha numa ilha, perto de onde o corpo foi encontrado

PM atropela e deixa sete pessoas feridas em Tucuruí
A Polícia Militar do Pará informou que abriu um inquérito para apurar o caso

Ainda de acordo com informações de moradores, antes de ser assassinado, Leonardo estava bebendo com um grupo de amigos, que não tiveram nomes divulgados, dentro de uma casa, perto do local do assassinato. Não há confirmação se João Vitor fazia parte desse grupo.

O jovem Leonardo teria resolvido dormir em uma rede que ficava amarrada em uma árvore, do lado de fora do imóvel. Relatos de moradores apontam ainda que Leonardo foi morto enquanto dormia. Assim que o corpo dele foi encontrado por pessoas que passavam pelo local, as polícias Militar e Civil foram acionadas, para dar início à apuração do fato. No local, havia muito sangue e documentos do rapaz. Algumas testemunhas foram ouvidas pelas equipes policiais. O caso foi registrado para ser investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Tucuruí.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA