Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Jovem é executado a tiros no mercado do bairro Rio Verde, em Parauapebas

Pedro Alife Reis França, de 23 anos, estava trabalhando quando dois homens chegaram e dispararam várias vezes contra ele

Redação Integrada (com informações de Caetano Silva, do portal Zé Dudu)

O jovem Pedro Alife Reis França, de 23 anos, foi assassinado a tiros na tarde deste domingo (18), no bairro Rio Verde, em Parauapebas, sudeste paraense. A vítima estava trabalhando no mercado quando foi executado por dois homens. A motivação do crime ainda está sendo investigada pela polícia. Até o momento desta publicação, ninguém havia sido preso.

O crime aconteceu por volta das 13h40, na Avenida Brasil, na área do Mercado Municipal do bairro Rio Verde. "Gordinho", como também era conhecido Pedro, estava em uma banca do jogo de azar conhecido como "Bozó", onde trabalhava, quando dois homens chegaram em uma motocicleta e um deles sacou um revólver e disparou três vezes contra a vítima.

O jovem trabalhava com o pai, Antenor Rocha de França, mais conhecido como "Fogoió", desde menino. À polícia, o homem disse que não sabia de alguma ameaça que o filho poderia estar sofrendo, ou que ele tivesse algum inimigo declarado. Pedro França não respondia por nenhum crime na Justiça.

Os suspeitos fugiram do local após cometerem o crime. Quaisquer informações que possam ajudar na identificação e localização do(s) suspeito(s) podem e devem ser repassadas às autoridades policiais pelo Disque-Denúncia (181) ou Centro Integrado de Operações (190). Não é necessário se identificar e a ligação é gratuita.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA