Jovem morre com choque enquanto usava fones em celular conectado à tomada em Paragominas

Rapaz que sonhava em ser jogador de futebol profissional foi achado no quarto pelos pais

Redação Integrada

O jovem Paulo Vitor Cochrane Chaves Torres, de apenas 18 anos, foi vítima de um trágico acidente no último sábado (09), em Paragominas, sendo encontrado morto dentro de seu quarto. Segundo familiares, o jovem estava deitado em sua cama, como costumava fazer, e foi achado sem vida com os fones de ouvido do celular, com o aparelho carregando na tomada. A principal hipótese é que o rapaz tenha sofrido uma descarga elétrica e a corrente o atingiu pelos fones.

Foi pela noite de sábado, por volta das 22h, que os pais de Paulo Vitor foram ao quarto do rapaz, na casa da família no bairro Promissão II, para ver se o filho estava lá. "Vitinho", como era conhecido na cidade, era jogador de futebol amador e teria avisado aos pais na noite anterior iria sair de madrugada para jogar em Ulianópolis. Acreditando que o filho tinha viajado, os pais estranharam que ele não tinha voltado ainda , e então, passaram a ligar para ele, mas sem sucesso.

Segundo o 1º Grupamento de Proteção Ambiental dos Bombeiros, o pai contou que percebeu que a porta do quarto de Vitinho estava trancada por dentro, e que foi até a rua e tentou acessar o quarto do jovem pela janela. Quando ele subiu, viu o filho de joelhos no chão, debruçado sobre a cama. O homem entrou no quarto e tentou reanimar o filho, e como não conseguiu, acionou o Corpo de Bombeiros. Quando os socorristas chegaram constaram a morte de Paulo Vitor. 

Os pais contaram que o rapaz tinha o costumo de usar os fones de ouvido do celular com o aparelho ligado à tomada, e essa é a mais provável causa de morte: eletroplessão (morte acidente por descarga elétrica). 
Paulo Vitor Cochrane Chaves Torres sonhava em ser jogador de futebol profissional, e nas redes sociais, amigos e conhecidos renderam homenagens ao jovem.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA