Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Jovem de 18 anos é preso em flagrante tentando abusar sexualmente do irmão de 5 anos em Belterra

Conselho Tutelar acompanha a família

O Liberal

Um jovem de 18 anos foi preso na última segunda-feira,27, na comunidade de Porto Novo, em Belterra, no oeste do Pará, flagrado tentando abusar sexualmente do irmão de cinco anos. O jovem foi detido e deve responder pelo crime de estupro de vulnerável, segundo informações do G1 Santarém.

Foi o pai do menino que denunciou o caso às autoridades. Em depoimento à Polícia Civil, o homem disse que quando chegou em casa, o menino estava nu, de bruços na cama e o jovem estava sem as calças, tentando fazer a penetração. Nesse momento, o homem segurou o enteado e acionou o 35º Batalhão da Polícia Militar.(BPM).

A criança foi encaminhada para exame sexológico e foi solicitada também a escuta especializada. Em contato com o Grupo Liberal, o Conselho Tutelar de Belterra informou que foi acionado para acompanhar o pai e a criança até Santarém, e informou que está acompanhando o caso e dando o suporte necessário à família. 

Segundo a Polícia Militar, o rapaz suspeito de abuso já cometeu outros crime, tendo sido detido por roubo e sido internado na Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa).

Em depoimento, o jovem teria dito ao delegado que estava dormindo e a criança teria chegado pelada e passado a mão nas partes íntimas dele. Depois ele teria pego o menino para se afastar, momento em que o padrasto chegou e supôs que ele tivesse abusando do irmão, mas que nada disso aconteceu.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA