Homem que usava tornozeleira eletrônica é assassinado a tiros em Ananindeua

O crime ocorreu na rua Dom Pedro I, no bairro 40 Horas

Homens em um carro HB20 prata mataram um jovem de 22 anos com nove tiros na tarde desse domingo (10). Everson Souza de Assunção morreu em frente da casa onde morava com a família. O crime ocorreu na rua Dom Pedro I, no bairro 40 Horas, em Ananindeua, por volta de 14h20. 

Segundo o 6º Batalhão da Polícia Militar, a vítima estava cumprindo prisão domiciliar e usava tornozeleira eletrônica desde dezembro do ano passado. O autor e motivo dos disparos estão sendo investigados. 

Testemunhas contaram que viram o carro passar por Everson e, após o reconhecerem e perceberem o uso da tornozeleira eletrônica, o motorista voltou. "Foram disparados vários tiros por quem estava no carro. Eles voltaram para matar", disse a testemunha. 

De acordo com a perícia do Instituto Médico Legal (IML), Everson foi alvejado com três tiros na cabeça e seis nas costas.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!