Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Homem invade casa de idosa duas vezes para roubar e propõe: 'vamos ficar?'

Antônio Francisco Leal Júnior, de 20 anos, foi reconhecido pela vítima. Caso ocorreu em Parauapebas.

Redação Integrada

Antônio Francisco Leal Júnior, de 20 anos, foi preso após invadir - duas vezes na mesma noite - a residência de uma idosa de 69 anos no bairro Novo Horizonte, em Parauapebas, no sudeste paraense. Além da tentativa de roubo, o acusado ainda teria mostrado as partes íntimas para a mulher e proposto que os dois mantivessem uma relação sexual. Ele foi parar na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil após o crime, ocorrido por volta das 2h30 deste domingo (7), após ser reconhecido pela vítima.

Segundo o portal Correio de Carajás, a vítima relatou que Antônio Júnior teria invadido o quarto dela, provavelmente em busca de um aparelho eletrônico. "Ele abriu o telhado da minha casa, entrou no quarto de visitas e procurou por objetos para roubar. Acredito que estava atrás da televisão, mas o aparelho ficava no meu quarto, onde eu dormia. Quando ele entrou, eu acabei acordando e, então, saiu", relata a idosa.

A vítima, então, decidiu perseguir o acusado até a sala. Foi lá que, segundo a idosa, o jovem teria abaixado as calças e mostrado o órgão genital. "E aí, vamos ficar?", perguntou Antônio Júnior, para a mulher. Irritada, ela partiu para cima dele e, literalmente, o desmascarou. 

Longe de ser alguém desconhecido, a mulher conta, com decepção, que reconheceu o acusado. "Eu disse: 'Júnior, eu te conheço há tanto tempo, você vem aqui na minha casa, te ofereço comida, já ofereci um serviço para capinar meu quintal, lhe paguei e você faz isso'... Ele, na mesma hora, levantou as calças e pediu perdão", descreveu a idosa.

Júnior foi expulso da casa pela mulher, que ameaçou denunciá-lo se o caso se repetisse. Enquanto ambos estavam na frente da casa, um vigilante passou de bicileta, mas a mulher decidiu não chamar atenção por medo que o pior acontecesse. "Fiquei com medo de gritar, pois ele [Júnior] estava com uma faca e poderia me ferir se eu reagisse", disse.

Júnior foi embora, mas poucas horas depois retornou. "Aqui na minha casa, não", disse a idosa para o criminoso, enquanto o expulsava pela segunda vez.

A idosa registrou um boletim de ocorrência sobre o caso para. "Não pode ficar impune uma situação dessas", declarou. Os agentes da Polícia Civil foram até a residência de Antônio, o capturaram e o conduziram até a Seccional para os procedimentos cabíveis. Segundo o delegado plantonista, ele responderá por invasão de domicílio.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA