Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Homem denuncia tentativa de estelionato em venda de embarcação, em Itaituba

Ele registrou na polícia que recebeu um comprovante falso no valor de R$ 30 mil, e, ainda, teve a imagem roubada pelo suposto estelionatário

O Liberal

O jovem Taylor Correa, de 27 anos, registrou um Boletim de Ocorrência (B.O), na Delegacia de Polícia Civil, denunciando uma tentativa de golpe. Ele informa que a ação teria acontecido no dia 17, deste mês de abril, quando  anunciou a venda de uma voadeira, embarcação movida a motor com estrutura e casco de metal, em um grupo de rede social da cidade de Itaituba, sudoeste do Pará. Com informações do site Giro Portal.

De acordo com o B.O., o suposto golpista se identificou com o prenome Nazareno, afirmou ser morador do município de Santarém, no oeste estadual, e mostrou-se interessado na voadeira querendo fechar negócio.

Durante as negociações, o criminoso pediu todos os dados de Taylor para que fosse realizado o pagamento e que ele colocasse a voadeira em uma embarcação, com destino a Santarém. Nazareno teria inclusive se comprometido em fazer uma transferência, no valor de R$ 30 mil para pagar a embarcação. Em seguida, Nazareno enviou ao vendedor um comprovante da venda e pagamento, mas Taylor afirma que era falso.

Conforme o denunciante, Nazareno cometeu uma série de negligências que chamou a atenção. Primeiro, o valor nunca entrou na conta indicada por Taylor, cujo nome veio com erro de grafia no documento enviado por Nazareno.

O denunciante também diz que Nazareno chegou a pedir que a vítima esperasse até o outro dia para verificar se o dinheiro cairia na conta, mas Taylor não esperou.

Taylor ainda conseguiu pegar de volta a voadeira, que já tinha sido colocada em uma embarcação que sairia para Santarém. Ele afirmou que se tivesse demorado mais umas duas horas, ele não teria conseguido reaver o bem.

De acordo com Taylor, além desse golpe, Nazareno se apropriou de sua foto indevidamente e estaria usando a imagem de Taylor para aplicar golpes em novas vítimas, e foi esse o fato principal para Taylor procurar a Delegacia de Polícia, que investigará o caso. 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA