Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Furto de cabos causa problemas de energia elétrica no Ver-o-Peso

Setor de maniva é o mais prejudicado até agora, com quase um mês sem energia

Caio Oliveira / O Liberal

Trabalhadores do Complexo do Ver-o-Peso relatam os vários prejuízos causados pelas constantes falhas no serviço de energia elétrica nas barracas do cartão-postal de Belém, Segundo os feirantes, principalmente no setor de maniva e refeições, todos os dias o trabalho é interrompido pela falta de luz, problema que, segundo eles, é causado pelo furto dos cabos que abastecem os barracas.

"Estamos com esse problema aqui há mais de três meses. Todo dia a luz vai embora, entre 11h30 e meio-dia, e só volta no outro dia - quando volta", relata Arlete Maia, "boieira" que vende peixe frito às margens da Baía do Guajará. "Nossa comida está estragando, nosso equipamento está deteriorando, pois queima. Minha vizinha mesmo, queimou o freezer dela. Quando a gente vai lá na Secon [Secretaria Municipal de Economia], eles não tomam nenhuma providência, dizem que é só o disjuntor que dispara. Se estão há mais de três meses roubando [os fios elétricos], por que não tomam uma providência para afastar o ladrão, fazer alguma coisa que nos beneficie? Estamos em uma situação difícil aqui. Nosso peixe - que está caríssimo - está estragando. Não temos mais o que fazer", lamenta a feirante.

Ao lado de onde Arlete trabalha, fica a barraca de Elias Soares, comerciante que vende os insumos para a maniçoba e trabalha há mais de 25 anos na famosa feira. Segundo ele, o problema com os furtos que causam danos à rede elétrica ocorrem há muito mais tempo, e criminosos entram na estrutura sob o complexo para arrancar e levar os cabos, revendendo o material como sucata.

"O pessoal rouba direto aí, já tem uns três anos isso esse roubo de fio. Eles [manutenção] vêm, trocam, e roubam de novo", diz o vendedor. "A prefeitura não toma a atitude de tapar o buraco. Toda semana é isso; semana passada, nós descemos e pegamos um cara aí dentro. Ele pulou e fugiu pelo rio, na sexta-feira passada. Quem fica prejudicado somos nós, que falta energia, e não podemos ralar coco, macaxeira, moer maniva. Quem vende bebida, fica com cerveja quente", reclama Elias.

Em nota, a Secretaria Municipal de Urbanismo (Seurb) informa que realiza rondas e manutenções diárias no Ver-o-Peso. O órgão informa que vai enviar uma equipe técnica ao local, para avaliar a situação. "A Seurb dispõe de um canal exclusivo de atendimento para as solicitações de manutenção de iluminação pública, por meio do número 0800 400 0300, que atende ligações originadas por aparelhos de telefones móveis e fixos. As solicitações são atendidas dentro do prazo máximo de dez dias. É importante que o usuário guarde o número do protocolo. Os moradores de Belém também podem fazer registros para a melhoria dos serviços na sede do órgão, localizada na Avenida Governador José Malcher, nº 1.622, bairro de Nazaré".

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA