Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Familiares e amigos prestam homenagens a sobrevivente da tragédia que matou mãe e filha em Nazaré

Bastante emocionado, Leandro Nascimento Torres recebeu o carinho e solidariedade das pessoas

O Liberal

O dia que marcou um mês do acidente que matou Renata Corrêa Bezerra e Maria Luiza Corrêa Torres, de dois anos, na avenida Nazaré, foi de muita emoção para o motorista envolvido na tragédia, Leandro Nascimento Torres, esposo e pai das duas vítimas. No dia de ontem (26), Leandro, que é um dos sobreviventes, participou de uma homenagem prestada por familiares e amigos para Renata e Maria Luiza, numa igreja evangélica que a família frequentava aos domingos, no bairro do Guamá, em Belém.

Bastante emocionado e ainda de cadeira de rodas, devido às fraturas que sofreu na perna, Leandro recebeu a solidariedade das pessoas e escutou as palavras do pastor Lourival Pereira. “Hoje, nós estamos aqui, e a sua esposa e sua filha estão lá.  Isso não é um adeus, é um até logo, porque um dia eu vou morrer, você vai morrer. Todos nós vamos morrer. Mas a bíblia diz que quem crê em Cristo passa da morte para a vida eterna. Que Deus te fortaleça”, desejou o pastor.

Após o momento na igreja, todos seguiram para mais uma homenagem realizada no Portal da Amazônia. Lá, de mãos dadas, familiares e amigos de Leandro fizeram uma oração e soltaram balões com personagens infantis para o alto, como forma de carinho à pequena Maria Luiza e sua mãe.

Relembre o caso

No dia 26 de agosto, um acidente envolvendo dois veículos resultou na morte de mãe e filha, Renata e Maria Luiza. Leandro era quem conduzia o carro em que a família estava, quando houve a colisão com o automóvel dirigido por Allan Rocha, que foi indiciado pelo crime de duplo homicídio doloso. 

Leandro e Renata foram socorridos logo após o acidente e encaminhados ao Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE). A mulher morreu horas depois. Já Leandro chegou a ficar internado durante quatro dias, até receber alta, no dia 30 de agosto. 

Allan segue internado. Nicole Monteiro Dias, que estava com ele, já recebeu alta.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA