Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Embarcação que transportava passageiros para participar de festa em Cotijuba é apreendida

A embarcação “Marajó Norte” foi apreendida quando ainda estava atracada no Porto Aires, na avenida Bernardo Sayão

O Liberal

Um barco foi apreendido, neste domingo (18), quando se preparava para atravessar cerca de 400 pessoas, que participariam de um passeio fluvial até a Ilha de Cotijuba, distrito de Belém. A embarcação “Marajó Norte”, modelo ferryboat, estava atracada no Porto Aires, na avenida Bernardo Sayão, no momento em que foi interceptada por agentes da Delegacia de Polícia Fluvial (DPFlu) e do Grupamento Fluvial de Segurança Pública (GFlu).

No interior da embarcação, havia também duas aparelhagens de pequeno porte e duas pequenas carretas sonoras. A DPFlu, juntamente com a Marinha do Brasil, acionada pelas guarnições, tomou as medidas administrativas cabíveis que resultaram na autuação do organizador do evento, com base no Artigo 268 do Código Penal, acusado de infringir determinação do poder público, destinada a impedir Introdução ou propagação de doenças contagiosas.

Contra ele, também foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência. A Marinha fez a apreensão da embarcação por documentação irregular. A Polícia Militar e a Companhia Independente de Polícia Fluvial (CIPFlu) também deram apoio durante a ocorrência.

"Estamos trabalhando fortemente para realizar fiscalizações e fazer com que as pessoas possam se divertir, mas de maneira segura e obedecendo a todas as normas ainda previstas, para que não tenhamos novamente um aumento nos casos de covid-19 em nosso estado. Os que forem flagrados cometendo qualquer atitude irregular serão responsabilizados pelos seus atos", disse o delegado Arthur Braga, diretor do Grupamento Fluvial de Segurança Pública.

Palavras-chave

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA