Dono de bar é morto a tiros em estrada de terra em Vila dos Cabanos, distrito de Barcarena

Homem saiu de casa de moto e foi baleado minutos depois, morrendo no hospital

Dorival Vasconcelos Brandão, de 30 anos, foi morto a tiros no começo da tarde desta terça-feira (02) no distrito de Vila dos Cabanos, município de Barcarena, nordeste paraense. O homem foi assassinado em uma estrada de terra, em um crime com muito poucas informações. Mesmo socorrido, Dorival, também conhecido como "Dorinho", não resistiu aos ferimentos.

Segundo o 14º Batalhão de Polícia Militar (BPM), era por volta das 13h quando eles foram informados de que um homem havia morrido por baleamento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do distrito. Segundo a esposa de Dorival, ela estava no centro da cidade quando recebeu uma ligação do marido, pedindo para ela voltar para casa com a motocicleta, pois ele precisava usar o veículo. Quando a mulher chegou na casa, no bairro Foguetão, Dorival montou na moto e foi embora, sem dizer para onde iria. Meia hora depois, chegou a o aviso de que o homem havia sido morto ali perto, em um ramal.

O homem foi baleado três vezes e foi socorrido por uma ambulância do 6° Grupamento Bombeiro Militar, mas chegou sem vida na UPA de Vila dos Cabanos. O homem, que era dono de um bar no bairro Novo Paraíso, não comentou com a família se vinha sofrendo ameaças e nem tinha inimigos declarados. Nada foi levado de Dorival, o que pode indicar que ele foi morto em uma execução, hipótese considerada pela Polícia Civil de Vila dos Cabanos.

A Unidade Regional de Abaetetuba do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves foi acionada para remover o corpo do homem da unidade de saúde. Dorival deixa uma viúva e uma filha de cinco anos.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA