Dois pedreiros são eletrocutados no bairro da Marambaia; um deles deixa esposa grávida

Vítimas trabalham na construção de uma casa quando atingiram uma fiação de média tensão com uma barra de ferro

Redação Integrada

Dois pedreiros morreram eletrocutados na tarde desta sexta-feira (20) no bairro da Marambaia, em Belém. Renato Lima da Cruz, de 35 anos e Samuel Anunciado Dutra, de 47 anos, perderam a vida enquanto trabalhavam em uma obra na passagem São José. Há duas semanas, eles haviam sido contratados para contruir o segundo andar de uma residência que, no térreo, funciona como restaurante. Entretanto, por volta das 14h, os trabalhadores acidentalmente escostaram uma barra de ferro em um fio de média tensão e sofreram uma descarga elétrica de 17 mil volts.

Os dois morreram praticamente de forma instantânea. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionada para prestar socorro às vítimas, mas os dois não resistiram. De acordo com o sargento Renildo, do 27º Batalhão da Polícia Militar (BPM), as vítimas erguiam juntas a barra de ferro que conduziu a eletricidade e os levou à morte. Ao que tudo indica, os trabalhadores não usavam qualquer equipamento de proteção no momento do acidente.

Como se a morte trágica não bastasse, as vítimas foram retiradas em grandes sacos pretos por conhecidos e amigos. Apenas uma escada de madeira servia para o acesso no andar superior e, por conta disso, um estrutura de andaimes precisou ser montada para que os corpos pudessem ser removidos pelo Instituto Médico Legal (IML).

Proprietário do imóvel, Mauro Silva diz ter tentado contato com a Equatorial Pará para solicitar o isolamento da fiação, mas a burocracia foi um impeditivido e a obra seguiu mesmo sem a proteção indicada.

Além de amigos, filhos e familiares deixados pelas vítimas, Renato também deixa uma esposa na reta final da gravidez.

Agora a Polícia Civil deve apurar as circustâncias do acidente e responsabilização do caso.

A Redação Integrada de O Liberal entrou em contato com a Equatorial Pará e aguarda posicionamento.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA