Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

VÍDEO: golpistas trocam máquina de cartão e desviam mais de R$ 27 mil de restaurante em Belém

O dono do estabelecimento conta que as notas emitidas pela máquina adulterada vinham inclusive com o nome do local

O Liberal

Um dos mais conhecidos restaurantes de Belém, o Sushi Ruy Barbosa, foi vítima de um golpe no último final de semana que resultou em um prejuízo de R$ 27 mil após dois golpistas trocarem a máquina usada para fazer pagamentos com cartão. Depois de entregarem ao garçom uma máquina adulterada, todos os pagamentos realizados no próximos quatros dias foram creditados na conta dos estelionatários.

SAIBA COMO FUNCIONA O GOLPE

Na quinta-feira (14), dois homens se passam por clientes do restaurante e, no momento de pagar a conta, pedem ao garçom para trazer a máquina de cartão. Quando o funcionário sai, um deles apanha a máquina adulterada do bolso (igual a original) e a esconde. Quando ele pega a máquina da mão do garçom, o golpista esconde o aparelho do estabelecimento embaixo da mesa e troca pela máquina deles, fraudada. Tudo acontece muito rápido, e o garçom é distraído pelo comparsa. Por fim, o homem entrega a máquina fraudada e diz que vai pagar a conta no dinheiro.

VEJA MAIS

Confira quais são os 4 golpes com máquinas de cartão mais aplicados Para evitar prejuízos como o do Sushi Ruy Barbosa, confira como se prevenir e 'salve' seu negócio

Casos de estelionato estão em alta no Pará Criminosos estão cada vez mais sofisticados na estratégia de enganar pessoas para extrair dinheiro

O dono do restaurante conta que as notas emitidas pela máquina adulterada vinham, inclusive, com o nome do estabelecimento, mas os pagamentos era creditados na conta e CPF de outra pessoa, um possível "laranja". "A gente se sente lesado e confiamos nos funcionários envolvidos, por tudo que vimos na filmagem", diz o dono do estabelecimento, que reclama da fragilidade do sistema de cobrança. "Com essas máquinas, qualquer pessoa consegue fazer uma máquina com qualquer nome", lamenta. O empresário diz que só percebeu o golpe na segunda-feira (18), quando a própria operadora ligou para avisar, enquanto que os funcionários achavam que estavam emitindo todas as notas no nome do estabelecimento. 

O empresário conta que vai registrar o boletim de ocorrência nesta quarta-feira (20), e está sendo assessorado por seus advogados. Ainda segundo o dono do Sushi Ruy Barbosa, o golpe é arquitetado por uma quadrilha, e outras pessoas já foram vítimas do mesmo esquema em outros estados.

Vítimas podem procurar delegacia especializada

Pessoas que são lesadas por esse tipo de crime podem registrar o caso na Divisão de Investigação e Operações Especiais (DIOE), na avenida Senador Lemos. A unidade está ligada à Diretoria de Polícia Especializada (DPE) e conta com mais cinco divisões, incluindo a Delegacia de Estelionato e outras Fraudes (DEOF) e a Delegacia do Consumidor (DECON).

O delegado Neyvaldo Silva, titular da DIOE, diz que já investigou casos semelhantes de troca de equipamentos há um tempo, mas que, recentemente, não teve conhecimento de crimes desse tipo em Belém. Contudo, o delegado reforça que os criminosos sempre estão procurando novas formas de aplicar os golpes. "Eles vão evoluindo e criando outros mecanismos. Fica aqui o alerta", disse Silva.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA