Acusado de matar advogado em Novo Repartimento é transferido para Belém

O preso irá chegar no hangar do Grupamento Aéreo, por volta das 14h

Redação Integrada

O preso Douglas Wendell dos Santos, de 19 anos, será transferido nesta segunda-feira (10) para Belém, após ser detido em Novo Repartimento ao ser apontado como autor do assassinato do advogado João Vieira Bezerra, no mesmo município. A prisão foi realizada na noite do último domingo (09), menos de 24 horas após o crime, ocorrido no sábado (08) por volta das 21h, momento em que o advogado chegava em sua casa.

A previsão é que Douglas chegue na capital paraense por volta das 14h, no hangar do Grupamento Aéreo. Em seguida, ele será conduzido à Delegacia-Geral, onde uma entrevista coletiva foi organizada para jornalistas.

CONFISSÃO

O acusado de matar o advogado confessou o crime aos policiais civis e revelou os detalhes do homicídio em depoimento. Com ele, foram encontrados objetos pessoais de João e uma quantia de R$ 1.200.

PRISÃO

A ação que resultou na sua prisão contou com o apoio de policiais civis da Superintendência Regional do Lago, e das Delegacias de Breu Branco e de Novo Repartimento, além de policiais civis do Núcleo de Apoio à Investigação de Tucuruí.

Outros detalhes sobre a prisão serão informados pelo diretor de Polícia do Interior, José Humberto Melo Junior, e pelo delegado Rommel Souza, titular da Superintendência Regional da Polícia Civil de Tucuruí.

 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA