Acusado de envolvimento em assassinato de PM morre em Benevides

Segundo versão da polícia, homem teria trocado tiros com PM´s. Outro envolvido está sendo procurado.

Redação Integrada

Um dos acusados de envolvimento na morte do Policial Militar da reserva José Aristide de Sousa Gomes, ocorrida em Benevides, morreu no final da manhã desta quinta-feira (16). Segundo a versão da polícia, ele teria se envolvido em um confronto com policiais militares. 

De acordo com o Secretário de Segurança Pública, Ualame Machado, o outro envolvido ainda está sendo procurado. 

Até o momento, não foi informado a identidade do homem, que chegou a ser socorrido após ser atingido por disparos no confronto, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na Unidade de Saúde. 

O secretário de segurança também informou que, sobre os acusados de envolvimento na morte do Sargento Silva, do Tenoné, também ocorrida nesta manhã, diligências estão sendo feitas nos bairros e nos arredores em busca dos acusados. Ele ainda disse que "já há gente capturada para investigação com relação a esse crime". 

O Sargento Silva e o Cabo da reserva Aristide são, respectivamente, o 18° e 19° policiais militares assassinados em 2019 no Pará. Possíveis relações entre os crimes estão sendo estudados, mas os primeiros indícios não demonstram qualquer ligação entre os casos.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!