Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

PRF aponta aumento de 96% nas infrações por uso de celular ao dirigir, no Pará

A PRF registrou também uma redução de 10% no número de acidentes graves e de 20% no número de mortes nas estradas e rodovias federais paraenses

Emanuele Corrêa

Um balanço divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) aponta para o aumento de 96% no número de autuações por uso de celular ao volante, nas rodovias e estradas federais do Pará somente em 2022. Ainda segundo o registro do órgão, de janeiro a 12 de maio, o número duplicou em relação ao mesmo período de 2021.
 
Segundo a matéria publicada pela PRF, dirigir fazendo uso do celular é uma das maiores causas de mortes no trânsito do Brasil e está atrás, apenas, do excesso de velocidade e do consumo de álcool pelos motoristas. A estimativa é de três segundos perdidos de atenção ao desviar o olhar da pista para verificar o aparelho. Se o condutor estiver a 60 km/h terá percorrido uma distância de 50 metros sem a devida atenção na direção e pode ocasionar acidentes graves e mortes no trânsito.
 
A PRF ressalta que, não só o manuseio ou falar enquanto se dirige causa riscos, utilizar fones de ouvidos ou a função viva-voz causa desatenção, pois há perda de noção auditiva e concentração. As condutas relacionadas ao uso de celular ao volante se aplicam mesmo que o veículo esteja parado no semáforo.  


Orientações

A Polícia Rodoviária Federal destaca, ainda, que é permitido o uso de aplicativo de GPS, desde que o celular esteja obrigatoriamente fixado em um suporte no para-brisa ou no painel do veículo.

Diante dos números, a PRF se preocupa com o cenário da segurança viária nas BRs do Estado. No entanto, apesar do aumento de casos de uso de celular ao volante, a quantidade de acidentes nas rodovias federais do Pará foi reduzida em 2% em 2022 até o mês de maio. A PRF registrou também uma redução de 10% no número de acidentes graves e de 20% no número de mortes nas estradas e rodovias federais paraenses.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ