Governo e igrejas evangélicas fazem reunião sobre realização de cultos

Helder reuniu os líderes das congregações para falar sobre as medidas de combate ao novo coronavírus

Eduardo Rocha

O governador Helder Barbalho recebeu, na tarde desta quarta-feira (8), no Palácio do Governo, dirigentes de igrejas evangélicas para uma reunião acerca da medida governamental de não realização de cultos presenciais nos templos religiosos e as ações do Executivo Estadual no combate ao novo coronavírus.

“Estamos em um avanço progressivo de medidas preventivas e restritivas que servem como tentativas para convencer a população sobre a importância do isolamento social. Se as pessoas não estiverem conscientes, lamentavelmente, só teremos adesão mediante o pior cenário e não é isso que queremos”, ponderou  Helder Barbalho. 

Helder Barbalho argumentou que, nas últimas três semanas, o Estado avançou progressivamente nas ações normativas de isolamento social. “Entendo que as medidas escalonadas permitem às pessoas se ajustarem. Também acredito que este formato permite agirmos de acordo com o calendário que estamos vivenciando. Estamos dentro dos 15 dias mais importantes neste processo. Se não contermos agora, podemos perder o controle e termos que avançar para quarentena integral”, disse o governador.

Católicos
 

No final do mês de março, a Arquidiocese de Belém determinou a suspensão de todos os eventos públicos da Santa Missa, assim como outras celebrações, novenas e festividades, até novas determinações. Os fiéis podem acompanhar as missas via meios de comunicação da Arquidiocese e das paróquias, celebradas de forma reservada sem a participação de público presente.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM PARÁ