Estrutura de rampas na ponte Rio Moju será transformada em porto

A transformação será iniciada após a reabertura da Alça Viária, no dia 15 de dezembro

Redação Integrada com informações de Agência Pará

Após a reabertura da Alça Viária, a estrutura de rampas flutuantes instaladas para a travessia de veículos por balsas na área da ponte Rio Moju será transformada em um porto público. A ocasião está prevista para o dia 15 de dezembro, com a conclusão das obras de reconstrução do vão central da terceira das quatro pontes que compõem o complexo viário na Rodovia PA-483.

A estrutura foi instalada pela Secretaria de Estado de Transportes (Setran), que divulgou a data da reabertura.

A decisão visa beneficiar a população local que utiliza os rios da região para transportar açaí dos municípios do Baixo Tocantins, que abrange Abaetetuba, Acará e Moju.

No projeto elaborado pela Setran, o porto será público, sem agente de operação, apenas com segurança da Marinha e da polícia. "Além de fomentar a economia local, o porto terá caráter estratégico pra qualquer operação de manutenção das defensas da nova ponte, agilizando a chegada das equipes de reparos até o local por meio das rampas já instaladas", detalhou o titular da secretaria, Pádua Andrade.

De acordo com o secretário, haverá um projeto de legalização para operação portuária pública, sem agentes, e a conservação ficará a cargo da Setran.

Balsas de até 1 mil toneladas e barcos de pequeno porte poderão utilizar o novo porto.

O prazo para término da obra é de quatro meses (120 dias), a contar de 15 de dezembro. O acesso será por ambas as margens do rio.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!