Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Enem: professores dão dicas para a preparação da redação

O exame será aplicado nos próximos dois fins de semana e docentes dão dicas para preparar para as provas nesta reta final

O Liberal

Alunos de todo o país já estão em contagem regressiva para o início do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2021. As provas estão marcadas para o próximo domingo (21) e 28 de novembro. No primeiro dia de aplicação da prova, os candidatos terão que responder a 90 questões objetivas, sendo 45 questões das disciplinas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; e outras 45 questões das disciplinas de Ciências Humanas e suas Tecnologias. Além da temida redação dissertativa-argumentativa. 

Para isso, a Redação Integrada de O Liberal consultou dois professores de redação para auxiliar os vestibulandos nesta reta final de preparação para o exame e oferecer algumas dicas do que fazer até o dia da prova e no dia do exame.

Para Ruanne Ribeiro, docente de Língua Portuguesa e Redação na rede Estadual e privada em Belém, ainda é válido revisar diversos temas e textos produzidos nos anos anteriores. "É importante que o aluno revisite as redações que produziu durante o ano e observe os pontos fortes e o que pode melhorar. Caso tenha produzido pouco, é válido pesquisar as redações que receberam nota 1000 nos anos anteriores e, assim, ter uma ideia do que a prova exige" aponta.

Sobre o tema que pode ser cobrado na redação, a professora opina que se pode esperar uma problemática que não tenha o governo como principal agente causador. Temas relacionados a grupos sociais excluídos e demandas como a gestão da pandemia são elementos que muitos profissionais da educação não estão esperando, tendo em vista a clara possibilidade de criticar o governo. "Podemos observar uma tendência a discutir assuntos atuais, como saúde mental, cinema, internet. O que o aluno deve observar é que estar informado é essencial para compor uma boa redação. Não é necessário saber muito de um assunto só, mas um pouco de várias discussões atuais", explica Ruanne Ribeiro.

Já para o professor de redação Fernando Polaro, independente do tema proposto, é importante manter a tranquilidade em relação aos temas transversais que são envolvidos na maioria dos assuntos como educação, cidadania, cultura, sociedade e comportamento. Com uma boa leitura acerca desses eixos temáticos, é possível elaborar qualquer temática.

 

Dicas para a reta final 

Fernando Polaro acrescenta que neste período que antecede a prova, é interessante reler alguns textos feitos no decorrer do ano, a fim de analisar as falhas mais recorrentes e, com isso, buscar evitá-las na prova de domingo. Além disso, a leitura de jornais, de atualidades e de conhecimentos gerais também é uma excelente estratégia nesta reta final, pois o Enem é um exame que preza pela interdisciplinaridade e por questões atuais no contexto nacional e internacional.

As últimas edições também são de suma importância para observar a construção das frases temáticas do exame. "Em 2019, esperava-se que os candidatos dissertassem sobre a democratização do acesso ao cinema no Brasil. Na última edição, os participantes deveriam desenvolver o texto sobre o tema os estigmas associados às doenças mentais no país. Nesse contexto, é interessante analisar que, em ambos os temas, é possível identificar o prejuízo a direitos básicos do cidadão, como liberdade de escolha, acesso ao lazer e a tratamentos igualitários na sociedade. Em síntese, os últimos temas trouxeram problemas sociais que afetam parte da população", analisa Fernando.

Mas para alcançar a tão sonhada nota 1000, não bastam revisões intensificadas. Conseguir relaxar, realizar leituras agradáveis, assistir a filmes/séries e socializar com a família e amigos são pontos essenciais para uma boa realização do exame, apontam os docentes. "O dia de prova é cansativo e exige muito do participante, não só sobre a questão física, mas principalmente a respeito do preparo psicológico e emocional. Desse modo, é importante que haja um momento de descontração e lazer antes dessa maratona de domingo", aconselha o professor.

 

Além de todos os estudos feitos, os professores de redação prepararam cinco dicas para serem postas em prática na hora do exame.

1- Produza a redação antes ou durante a resolução dos itens da prova. Nunca deixe para o final. 

2- Leitura atenta da frase temática, realizando a marcação dos termos essenciais para a discussão da proposta. Isso evita que aconteça fuga do tema e uma possível parcial

3-  É de grande importância ler e fazer anotações dos textos de apoio. Produza um projeto de texto ou rascunho do que irá para redação final. Isso evita o famoso “branco” na hora da escrita e garante que tudo selecionado será posteriormente comentado.

4- Escolha repertórios que estejam inseridos no assunto abordado. Por exemplo: se o tema tiver a ver com violência, mobilize repertórios cujo referente seja esse. Tome cuidado com o uso de fórmulas prontas e obras/conceitos nunca lidos.

5- Por fim, a revisão final da redação é outro fator que faz enorme diferença, objetivando reduzir ao máximo os desvios e as falhas. Revise antes de entregar. Isso ajuda a observar se falta alguma acentuação/pontuação.

(Karoline Caldeira, estagiária sob a supervisão de Victor Furtado, coordenador do Núcleo de Atualidades)

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ