Cinco militares que seriam condecorados por Bolsonaro no Pará ficam feridos em acidente na rodovia BR-163

Quatro militares sofreram escoriações leves, enquanto um coronel sofreu ferimentos na cabeça e foi levado ao hospital

Uma viatura do exército brasileiro que seguia para a solenidade de reinauguração da rodovia BR-163, a Cuiabá-Santarém, levando cinco militares que receberiam condecorações do presidente da República, Jair Bolsonaro, se envolveu em um acidente com uma carreta na manhã desta sexta-feira (14). Segundo o Comando Militar do Norte, a colisão foi por volta das 7h, já na rodovia que será reinaugurada em um evento com a presença do presidente.

No acidente, quatro militares sofreram escoriações leves e foram atendidos no local, enquanto o coronel Carlos Octávio Krawutschke Cardoso sofreu ferimentos na cabeça, sendo imediatamente socorrido para o hospital de Novo Progresso, no sudoeste paraense. Segundo o exército, ainda não há informações oficiais sobre o estado de saúde do militar.

O evento

O presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), General Santos Filho, participam na sexta-feira (14) da inauguração da pavimentação dos últimos 51 quilômetros da BR-163, no Pará. O trecho era o que faltava para ligar, definitivamente, o município mato-grossense de Sinop ao porto de Miritituba, em Itaituba, no sudoeste paraense.

A pavimentação do trecho é aguardada pelo setor produtivo, por moradores da região e por transportadores de cargas há mais de 40 anos. Trata-se da principal via de escoamento de milho e soja do Centro-Oeste rumo aos portos do Arco Norte.

 

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM PARÁ