Bombeiros usam caminhão-tanque para ajudar moradores que sofrem com falta d'água em Salinópolis

Moradores pediram ajuda para problema e foram atendidos pelo grupamento que atua no município

Sofrendo há dias com a falta d'água nas torneiras, moradores de Salinópolis, no litoral nordeste paraense, acionaram os bombeiros em busca de resgate para a situação de seca. Na tarde desta quarta-feira (09), moradores dos bairros da América e Califórnia ligaram e pediram ajuda ao 13º Grupamento Bombeiro Militar, que disponibilizou um caminhão bomba-tanque com água que foi usado para amenizar o problema de abastecimento.

Os moradores do município, que ironicamente, é banhado pelo Oceano Atlântico reclamam muito da falta de água potável, fazendo inclusive protestos para cobrar uma solução das autoridades. "Um mês sem água em casa", disse um homem nas redes sociais, em uma publicação sobre o caso. "Moro aqui no América. Chega água todos os dias das 7h até umas 8h, às vezes, fica até 8h30, aí vai embora e só chega 18h, e às 19h, já se vai. Se eu não tivesse caixa d'água eu tava era ferrada", conta uma outra internauta.

Foi nessa situação que os bombeiros agiram, enchendo caixas d’água, baldes, bacias, garrafas e qualquer outro recipiente dos moradores com a água do caminhão. Os salinopolitanos agradeceram pelo apoio, servindo lanches para os militares e elogiando a ação nas redes sociais.

Sobre o problema, a Prefeitura de Salinópolis informou que as obras de perfuração de um novo poço artesiano, localizado no trevo da cidade, iniciaram nesta quinta-feira (10), após o poço existente no local secar. "Sendo assim, o novo poço irá amenizar a falta de água na região do trevo e nos bairros da América e Califórnia. O novo poço está sendo feito com recursos próprios da Prefeitura. A obra vai beneficiar diretamente cerca de centenas de famílias, residentes nestes bairros", diz o comunicado. A previsão da Prefeitura é de que, em no máximo quinze dias, o novo poço já esteja funcionando e abastecendo a caixa d'água existente no local com capacidade para 500 mil litros de água.

Também em comunicado oficial, a Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) disse que na última segunda-feira (07), durante obras que estavam sendo realizadas pela prefeitura de Salinópolis em uma via, a tubulação da Cosanpa foi atingida, mas no dia seguinte (08), feira, em menos de 24 horas, a situação foi resolvida e o abastecimento normalizado.  

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!