Telegram é alvo de ciberataque e usuários do Brasil estão entre mais afetados

'No momento, as coisas parecem ter se estabilizado', disse a empresa pelo Twitter

Reuters

O provedor de serviços de mensagens Telegram informou nesta quarta-feira que foi atingido por um "poderoso" ataque distribuído de negação de serviço (DDoS), mas disse que já havia estabilizado seus sistemas.

O Telegram, que tem mais de 200 milhões de usuários, disse que usuários dos Estados Unidos e de outros países podem ter problemas de conexão.

"No momento, as coisas parecem ter se estabilizado", disse a empresa em um tuíte quase uma hora depois de reconhecer o ataque.

O site de rastreamento Downdetector.com mostrou que os usuários nos Estados Unidos e no Brasil foram os mais afetados.

Em ataques DDoS, computadores invadidos ou infectados por vírus são usados para atacar sites.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!