Saiba o que o chefe fez com garçonete que, por engano, serviu um vinho de R$ 23 mil

Clientes haviam pedido um vinho caro, equivalente a R$ 1.330, mas acabaram bebendo uma joia da casa

Um erro de um lado e uma noite feliz de outro. Uma garçonete de um estabelecimento de Manchester (Inglaterra) teve uma péssima noite de quarta-feira (15/5), que causou um enorme prejuízo ao dono do restaurante Hawksmoor.

Tudo corria como qualquer noite em um restaurante. Então, clientes de uma mesa pediram um vinho Bordeaux, o Chateau Pichon Longueville Contesse de Lalande, de 260 libras (cerca de R$ 1.330). Mas a funcionária lhes serviu um Chateau le Pin Pomerol, de 2001, de 4.500 libras (R$ 23 mil).

Os clientes já saboreavam o belo vinho, destinado a quem tem conta bancária alta, quando souberam da confusão. De qualquer forma, a casa cobrou o preço do Bordeaux aos clientes, que puderam contar que haviam bebido um vinho de mais de R$ 20 mil.

O caso da troca dos vinhos foi postado nas redes sociais pelo Hawksmoor: "Aos clientes que beberam acidentalmente um Chateau le Pin Pomerol 2001 na noite passada, o qual no nosso menu custa 4.500 libras, esperamos que tenham aproveitado. À funcionária que entregou a garrafa acidentalmente, levante a cabeça! Erros acontecem e nós a amamos do mesmo jeito".

Mundo