Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Rússia prende jornalista por matéria sobre a Ucrânia. Se condenado, ele pode pegar 10 anos de prisão

Sob leis recentemente aprovadas, a publicação de informações sobre o conflito na Ucrânia que as autoridades acreditam ser falsas acarreta penas pesadas de até 15 anos de prisão.

O Liberal

Um jornalista siberiano foi preso nesta sexta-feira, 15, acusado de 'divulgar informações falsas' sobre a Rússia. Na reportagem, o jornalista teria afirmado que onze membros da polícia de choque russa se recusaram a participar da campanha militar de Moscou contra a Ucrânia. A prisão do jornalista foi ordenada pela Justiça russa. O jornalista não teve a identidade divulgada.

De acordo com o Comitê de Investigação da Federação Russa, o homem, editor-chefe de um site na região siberiana de Khakassia, foi acusado de "divulgar deliberadamente informações falsas" sobre as forças armadas russas. O órgão de vigilância da mídia da Rússia bloqueou a versão russa do site do Moscow Times, um veículo independente que citou a matéria.

A matéria do jornalista foi amplamente compartilhada nas redes sociais. Se condenado, ele pode pegar 10 anos de prisão. Sob leis recentemente aprovadas, a publicação de informações sobre o conflito na Ucrânia que as autoridades acreditam ser falsas acarreta penas pesadas de até 15 anos de prisão.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO