Prêmio Nobel de Física vai para trio que realizou estudos sobre mecânica quântica

Alain Aspect, John F. Clauser e Anton Zeilinger vão dividir o prêmio de 10 milhões de coroas suecas (cerca de R$ 4,8 milhões)

O Liberal

Os cientistas Alain Aspect, John F. Clauser e Anton Zeilinger, da França, Estados Unidos e Áustria, respectivamente, levaram o Prêmio Nobel de Física por estudos sobre a mecânica quântica, um campo da Física que investiga o comportamento de partículas muito minúsculas como átomos, elétrons e fótons. O anúncio foi feito pela Academia Real das Ciências da Suécia, nesta terça-feira (4). Eles dividirão o prêmio de 10 milhões de coroas suecas (cerca de R$ 4,8 milhões). As informações são do G1 Nacional.  

O trio realizou experimentos inovadores usando o chamado entrelaçamento quântico, um fenômeno físico onde duas partículas subatômicas (muito menores que os átomos) se comportam como uma única unidade, até mesmo quando elas estão bastante separadas.

VEJA MAIS

Pesquisa sobre buraco negro leva o Nobel de Física
O trabalho dos três pesquisadores se debruçou sobre um ds maiores segredos do universo

Nobel de Física vai para trabalho que ajuda a entender clima
Cientistas norte-americano, japonês e alemão recebem prêmio

Estudo sobre origem do universo dá Nobel de Física a 3 cientistas
Um é canadense e os outros dois nasceram na Suíça

Segundo o comitê do Nobel, as descobertas "lançaram as bases para uma nova era da tecnologia quântica".

Ao longo dos anos, os experimentos realizados por eles demonstraram o potencial tecnológico para investigar e controlar essas partículas que estão nesses estados emaranhados. No futuro, computadores superpoderosos e sistemas de telecomunicações impossíveis de hackear poderão ser criados por causa dessas pesquisas.

Desde 1901, mais de 200 pessoas foram laureadas com o prêmio de Física. A distinção científica só não foi concedida em seis ocasiões: em 1916, 1931, 1934, 1940, 1941 e 1942. Até 2021, das 218 pessoas agraciadas com o Nobel em Física, apenas 4 eram mulheres. 

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO