‘Nasci para tirar a roupa’, diz ex-pastora sobre nova profissão

Nikole agora ganha a vida com fotos e vídeos eróticos e fatura R$ 560 mil por mês

Redação Integrada com informações de Marie Claire

Nikole Mitchell, de 36 anos, tinha (quase) tudo para seguir a vida religiosa. Ela cresceu em uma família batista em Ohio, nos Estados Unidos e, na universidade, ficou ainda mais religiosa. Mas muitas dúvidas habitavam o pensamento dela e ela resolveu dar uma guinada. Há seis anos é modelo no site OnlyFans, de entretenimento erótico.

“Eu basicamente comecei a namorar Jesus”, brincou em entrevista ao site DailyStar, sobre sua vida antes da carreira em entretenimento adulto. "Parei totalmente de namorar homens. Enquanto eu dormia com rapazes no colégio, era terrível, não sabíamos o que estávamos fazendo, decidi parar de sair com qualquer pessoa durante meu tempo na universidade", revelou.

"Eu não queria namorar ninguém porque tinha medo de fazer sexo porque me ensinaram que era errado fora do casamento e não queria prejudicar meu tempo com Deus, então eu dava desculpas como: ‘Eu decidi que não vou namorar neste momento’ ou ‘Eu tenho outros planos’", disse.

Nikole produz conteúdo para site de entretenimento adulto (Reprodução / Instagram)

Após a graduação, ela estava decidida a seguir na vida religiosa. Por isso, entrou no seminário. Em 2009, casou-se e teve três filhos. Hoje é separada. Depois de se filiar a uma igreja evangélica, passou três anos aprendendo a dar sermões. "Eu adorava [ser pastora]. Senti como se tivesse encontrado minha vocação."

Foto nua

Mas Nikole se desiludiu com a profissão. Ela tinha dúvidas se era bissexual. Aos 33 anos, em 2017, abandonou a igreja. "Eu reprimi meus desejos de namoro por tanto tempo que não sabia que era gay, mas era. Eu era uma mulher esquisita que queria orgasmos e bom sexo e foi só quando fiquei mais velha que percebi isso".

Explorando a sexualidade que se intensificava nela, decidiu posar para fotos e gostou do resultado. "Depois, o fotógrafo perguntou se eu queria que as fotos fossem transformadas em livro. Não precisou pedir duas vezes", brincou.

Ela disse ao New York Post: "Desde muito jovem, eu fantasiava ser uma stripper."

Nikole se inscreveu em uma oficina chamada "Sexpress You". “Tratava-se de expressar o meu eu sexy e esse era o elemento fundamental de que eu precisava”, disse Mitchell. A ex-pastora lembra do momento, depois de tirar a primeira foto nua: “Chorei porque nunca me senti mais santa e sagrada em minha vida."

Site

Sempre dedicada, Nikole começou a pesquisar como poderia ganhar dinheiro posando nua e, em 2019, passou a integrar OnlyFans, onde os usuários pagam por conteúdo erótico exclusivo. Atualmente, fatura cerca de 100 mil dólares, aproximadamente 560 mil reais por mês e se diz realizada com a nova forma de viver: "Sinceramente, acho que nasci para tirar a roupa. Parece um chamado. Eu amo tanto isso."

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!