Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Mais de 30 pessoas estão mortas após terremoto de magnitude 6,8 na China

Não há registros de danos das barragens, mas houve comprometimento na rede elétrica e 40 mil cidadãos ficaram sem luz

Rayanne Bulhões

Moradores da província de Sichuan, ao sudoeste da China, sofreram com um terremoto registrado nesta segunda-feira (5). De acordo com o governo local, o abalo sísmico foi de magnitude 6.8, sendo o maior desde 2017. O tremor também foi sentido na capital, Chengdu. Ao menos 30 pessoas morreram em desabamentos de terra e outras estruturas.

O abalo provocou interrupções nos canais de telecomunicação. Não há registros de danos das barragens. Houve comprometimento na rede elétrica e 40 mil cidadãos ficaram sem luz. Segundo imprensa internacional, abalos sísmicos são comuns na região.

VEJA MAIS

Terremoto de magnitude 6,8 abala província na China; veja os vídeos
Pelo menos 21 pessoas morreram após tremor

O terremoto ocorreu enquanto mais de 21 milhões de pessoas na região estão cumprindo o regime de lockdown por conta do surgimento de casos de Covid-19. O governo teme que o vírus avance novamente no território com a aproximação do Festival da Lua, segundo feriado mais importante em território chinês, depois do Ano-Novo Lunar.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO