Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Jogador de rúgbi quase morre após flagrar traição de noiva com companheiro de equipe

Michael Lichaa perdeu mais de dois litros de sangue após socar uma janela em um momento de fúria; o jogador flagrou a noiva fazendo sexo oral em seu melhor amigo e chegou a ser preso sob acusação de violência doméstica, mas foi absolvido

Gabriel Mansur

O australiano Michael Lichaa, jogador de rúgbi pelo Canterbury-Bankstown Bulldogs, da Austrália, quase morreu após socar uma janela e perder mais de dois litros de sangue por conta do ferimento. O caso ocorreu após o atleta flagrar a noiva fazendo sexo oral no companheiro de time e melhor amigo, Adam Elliot.

VEJA MAIS

Ex-jogador de rúgbi morre após sofrer ataque cardíaco enquanto agredia namorada
Caso ocorreu no último dia 16 de julho; Rickey Bibey sofreu um infarto, segundo informações da imprensa britânica

Vídeo pornô gay viraliza com estrela do rúgbi, que se defende e diz que era 'jovem e inocente'
Kurt Capewell, de 27 anos, teve gravação feita em 2013 vazada na internet

Torcida grita o nome de Shakira e vaia Piqué em clássico entre Barcelona e Real Madrid; vídeo
O divórcio entre Shakira e Piqué aconteceu após ela descobrir uma traição do marido, que depois foi confirmada por ele

Michael chegou a ser acusado de violência doméstica, mas foi absolvido, na última sexta-feira (5), após Kara Childerhouse, agora ex-noiva, se recusar a comparecer no tribunal e testemunhar contra o jogador.

No tribunal, o atleta deu detalhes do ocorrido. O jovem explicou que, furioso após flagrar Kara e Adam juntos, gritou e ameaçou os dois, antes de socar a janela. A fúria de Lichaa levou os vizinhos a ligarem para a polícia.

Na ocasião, a ex-noiva de Michael o acusou de agredi-la, mas o amante da mulher e "amigo" do atleta negou que o jogador tivesse a agredido.

Jogador precisou passar por cirurgia antes de ser preso

Lichaa foi levado pelos policiais, mas precisou passar por uma cirurgia antes de ser preso. “Não conseguia tirar da cabeça a imagem da minha noiva fazendo sexo oral no meu melhor amigo”, disse o jogador no tribunal. “Só quero deixar tudo para trás agora, seguir em frente com minha vida e ter dias felizes pela frente”, afirmou Lichaa em uma entrevista após o encerramento do caso. 

Kara não compareceu no tribunal mesmo sob intimação. Os policiais tentaram contato a partir de ligações e chegaram a bater na porta da mulher, mas não tiveram resposta. Todos os testemunhos de Kara foram considerados invalidados. 

(Estagiário Gabriel Mansur, sob supervisão do editor executivo de OLiberal.com, Carlos Fellip)

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO