CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X

Israel x Hamas: mortes já ultrapassam 5 mil em Gaza

Com o novo número, o balanço total de mortes na guerra é agora de 6.489.

Mariana Azevedo
fonte

O número de mortos na Faixa de Gaza desde o início da guerra entre o Hamas e Israel subiu e ultrapassou a marca de 5 mil nesta segunda-feira (23), segundo informou o  Ministério da Saúde local. De acordo com a pasta, 5.087 pessoas morreram no território por conta de bombardeios.

Com o novo número, o balanço total de mortes na guerra é agora de 6.489.

O começo dos conflitos 

No dia 7 de outubro, homens armados do grupo terrorista Hamas, bombardearam e atacaram Israel. Segundo os serviços de emergência, ao menos 298 pessoas morreram no conflito do último dia 7, sendo 100 em Israel e 198 na Faixa de Gaza, mortas na retaliação israelense. Outras milhares de pessoas ficaram feridas.

No dia 8 de outubro, um dia após sofrer os ataques, Israel declarou oficialmente estado de guerra. 
A guerra “foi imposta ao Estado de Israel num ataque terrorista assassino a partir da Faixa de Gaza” no sábado (7), afirmou o comunicado do governo.
 

image Brasileiro está desaparecido em Israel; Interpol comunicou o Itamaraty sobre desaparecimento
Michel Nisenbaum é o único brasileiro que o governo trata como desaparecido no momento; outros três cidadãos do país morreram na guerra

image Exército Israelense realiza operações pontuais em terra no norte de Gaza
Houve também ataques de tanques e forças de infantaria, para localizar e procurar informações sobre as pessoas desaparecidas e os reféns.

image Israel x Hamas: 29 funcionários da ONU morreram em Gaza desde o início da guerra
Número foi divulgado pela própria agência: ‘estamos em choque e de luto’

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Mundo
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO