Idosa pede ajuda ao governo para remover ‘chifres’ da cabeça

Mulher afirmou que não tem condições financeiras de arcar com o tratamento

Emilly Melo
fonte

Uma mulher de 60 anos pediu ajuda financeira ao governo indiano para tratar de uma doença misteriosa que fez crescer “chifres” na cabeça dela há cerca de três anos. Segundo ela, o conglomerado de queratina causa bastante dor. Com informações do Extra.

A equipe médica responsável pela paciente afirma que o caso pode estar "além de sua compreensão" e que, muito provavelmente, haverá necessidade de cirurgia. Nenhum profissional conseguiu dar um diagnóstico exato à idosa. Entretanto, um médico local suspeita que o caso seja referente ao “chifre silicioso”, mas não há nada que apoie essa ideia até agora.

Casos de "chifres" em humanos são extremamente raros, mas geralmente são diagnosticados como chifres cutâneos, que são chifres queratinosos, benignos ou malignos, e que crescem em forma cônica. Acredita-se que eles sejam resultado da exposição à radiação ou ao vírus HPV após um corte na cabeça, embora não esteja claro por que e como eles se formam devido. O tratamento indicado para esses casos é a remoção por cirurgia.

Segundo o jornal The New Indian, a senhora explicou que os médicos nos aconselharam (ela e a família) a visitar os melhores especialistas da cidade, mas ela não pode fazer isso por causa das dificuldades financeiras. A idosa aguarda resposta do governo indiano para começar os cuidados.

(*Emilly Melo, estagiária, sob supervisão de Hamilton Braga, coordenador do Núcleo de Política)

Palavras-chave

Mundo
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO