Homossexualidade é declarada ‘distúrbio psicológico’ por tribunal chinês

Corte na província de Jiangsu decidiu a favor de uma editora que processada por livro didático

Redação Integrada com informações da Reuters
fonte

Um tribunal na província de Jiangsu, no leste da China, decidiu a favor de um editor que descreveu a homossexualidade como um "distúrbio psicológico" em um livro didático.

De acordo com uma cópia da decisão de recurso de 9 de fevereiro, o Tribunal Intermediário do Distrito de Suyu, na cidade de Suqian, disse que a descrição resultou de “diferenças de percepção” e não foi um erro científico, mantendo uma decisão dada em setembro do ano passado.

“Fiquei sem chão, porque eles nem sequer realizaram um julgamento, apenas proferiram a sentença”, disse a autora da ação, que usa o pseudônimo de XiXi.

Em 2017, XiXi processou a Jinan University Press e uma empresa de propriedade do varejista JD.com por publicar e distribuir conteúdo cientificamente incorreto no livro de 2013 sobre educação em saúde mental para estudantes universitários.

“O material didático classifica a homossexualidade como um distúrbio psicológico, o que não é”, disse a funcionária de uma ONG de 24 anos, acrescentando que só soube da decisão de seu recurso por meio do advogado, em 22 de fevereiro.

“Estou muito desapontada, porque estamos vendo comentários que apoiam este julgamento”, lamentou.

Prejuízo

A homossexualidade foi categorizada como um transtorno mental pela Associação Psiquiátrica Chinesa em 2001.

“É bastante prejudicial para toda a comunidade LGBT, por isso estamos profundamente desapontados”, disse Peng Yanzi, o diretor do LGBT Rights Advocacy China.

“Não sou o único que está desapontado, chocado e zangado - toda a comunidade LGBT está - mas também admiramos muito XiXi porque ela passou anos perseguindo isso legalmente.”

Jinan University Press e JD.com não responderam imediatamente aos pedidos de comentários por e-mail.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Mundo
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO