Fábrica ‘limpava’ camisinhas, as reembalava e revendia

Foram encontrados 324 mil preservativos usados em empresa de ‘reciclagem’

Redação Integrada com informações do Metrópoles

A polícia vietnamita apreendeu, nessa quarta-feira, 23, cerca de 324 mil preservativos masculinos que estavam sendo reaproveitados em uma fábrica clandestina. Havia embalagens prontas para revender.

Foram encontrados 360 quilos de preservativos usados e outros milhares prontos para a venda, sem qualquer marca impressa. Para atuar, a fábrica ilegal se passava por um armazém, na província de Binh Duong, no Sul do Vietnã.

Trabalhadores limpavam as camisinhas usadas e depois remodelava os produtos usando consolos de madeira, para parecerem novos.

O site de notícias VN Explorer relata que a proprietária da fábrica clandestina, Pham Thi Thanh Ngoc, de 32 anos, foi presa. Ela disse aos investigadores que recebia de uma “pessoa desconhecida” vários quilos de preservativos usados uma vez por mês.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!