Estado Islâmico anuncia morte de líder e novo sucessor

Porta-voz do Estado afirmou que ele morreu "lutando contra inimigos de Deus"

Emilly Melo
fonte

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) anunciou que o líder Abu al-Hassan al-Hashemi al-Quraishi morreu em combate enquanto “lutava contra os inimigos de Deus”. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (30) por um porta-voz da organização jihadista no Telegram. Com informações do Metrópoles.

VEJA MAIS

image Estado Islâmico reivindica atentado suicida em mesquita no Paquistão
Agência de propaganda dos extremistas diz que ‘combatente’ suicida conseguiu entrar em mesquita

image Chefe do Estado Islâmico morre em operação dos Estados Unidos na Síria, segundo Biden
O ataque deixou outros doze mortos, incluindo seis crianças e quatro mulheres

image Macron anuncia morte do chefe do Estado Islâmico na África
O terrorista fez parte da Frente Polisário no Saara e da Al-Qaeda do Magrebe Islâmico

A mensagem também acrescenta que o grupo já tem um novo “califa dos muçulmanos”. Abu al-Husayn al-Husayni al-Quraishi foi escolhido para ser o sucessor. O conteúdo não especifica a causa da morte ou se ela ocorreu durante algum tipo de ataque.

O nome al-Quraishi representa a tribo do profeta Maomé, de quem, segundo a determinação xiita, o autoproclamado “califa” deve ser descendente.

Esta é a terceira morte de lideranças do grupo somente neste ano. Em fevereiro, o então chefe do grupo jihadista, Abu Ibrahim al-Hashimi al-Qurayshi, foi morto durante um ataque dos Estados Unidos na Síria. Em julho, outro nome importante do grupo na Síria, Maher al-Agal, foi abatido em um ataque aéreo também dos EUA.

(*Emilly Melo, estagiária, sob supervisão de Keila Ferreira, coordenadora do Núcleo de Política)

 

Mundo
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO