Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Durante tentativa de fuga, 18 imigrantes do Marrocos morrem na África

Além disso, no mínimo 78 civis e 140 policiais ficaram feridos

O Liberal

Ao menos 18 imigrantes do Marrocos morreram na última sexta-feira (24) em uma tentativa de escape em massa para o enclave espanhol de Melilla, no norte da África, segundo autoridades do primeiro país. Além disso, no mínimo 78 civis e 140 policiais ficaram feridos. Com informações do Metrópoles.

Cerca de duas mil pessoas teriam buscado a fuga, de acordo com os espanhóis. Os imigrantes tentaram escalar uma cerca que separa os dois territórios, com o objetivo de buscar melhores condições de vida. Por volta de 130 conseguiram, mas cinco morreram durante a fuga e o confronto com as forças de segurança. Depois, de acordo com a agência de notícias oficial do Marrocos, mais 13 morreram em hospitais da região.

Esta é a primeira vez que houve um incidente do tipo desde que Marrocos e Espanha entraram em acordo sobre relações diplomáticas em março. No ano passado, episódio semelhante levou 10 mil pessoas até a fronteira de Ceuta. Melilla e Ceuta são enclaves espanhóis em território marroquino, sendo as únicas fronteiras terrestres da União Europeia (UE) com a África, focos de tensão permanante.

Palavras-chave

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO