Com falta de mão de obra, Portugal permite que brasileiros tirem visto de trabalho

Promessa antiga do governo do primeiro-ministro António Costa começou a valer no último domingo

O Liberal

Uma promessa antiga do governo do primeiro-ministro António Costa, o visto a brasileiros que querem entrar no mercado de trabalho em Portugal foi liberado. A medida que beneficia nômades digitais e quem procura trabalho no país europeu começou a valer no último domingo, uma semana depois do prazo previsto. As informações são da coluna Portugal Giro, do Portal O Globo.  

VEJA MAIS

Mudança em lei portuguesa facilita cidadania para brasileiros; veja formas de conseguir o documento
Antes, os parentes de portugueses precisavam comprovar uma efetiva ligação com o país para conseguir o visto

Entenda as vantagens de obter cidadania portuguesa
Nacionalidade permite a entrada e saída sem burocracia dos países membros da União Europeia

Porém, o novo visto exige um pouco mais de R$ 10 mil para entrada no país. Quem não tiver a quantia pode recorrer ao representante legal. Mas grande parte dos candidatos não conhece ninguém em Portugal.

Como solicitar o visto de trabalho

Crise de mão de obra

O país enfrenta dificuldade em conseguir mão de obra para algumas áreas. No ano passado, por exemplo, com viagens aéreas não essenciais liberadas em setembro, faltaram 85 mil trabalhadores de turismo em Portugal em 2021. Relatório do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC) também previa que a escassez de trabalhadores deixaria uma média de 53 mil vagas no setor para preencher em 2022.

Há ainda oportunidades na construção civil e tecnologia. Atualmente, milhares de brasileiros entram no país todos os dias como turistas e tentam obter a residência via contrato de trabalho, mas esperam muito tempo por uma autorização de residência.

A medida do governo português de conceder visto protege o imigrante durante os seis meses de prazo máximo para procurar trabalho no país.

Para especialistas, isso deve impulsionar a comunidade brasileira, a maior entre os estrangeiros.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO