Boato: Flatulência transmite o coronavírus

Não há qualquer comprovação científica e nem fonte de tais estudos

Victor Furtado

Alguns sites menos comprometido com fatos replicam que há estudos que apontam a possibilidade de que gases.... flatulência.... o leitor entendeu onde queremos chegar, pode transmitir coronavírus. No texto que vem sendo publicado em veículos de credibilidade duvidosa, há menção a um suposto cientista australiano e "vários estudos" nesse sentido. A ideia é que não seria tão diferente de um espirro. Só que vindo de outra fonte. É, esse é um tema que circula nas redes sociais digitais também.

Bem, não há qualquer comprovação científica e nem fonte de tais estudos. Alguém pode até estar pesquisando isso, mas ainda não passou no crivo validador da comunidade científica internacional. Como muitos outros estudos ainda não chegaram a conclusões sólidas (muito menos gasosas), o que inclui pesquisas sobre tratamentos e vacinas. Uma coisa está sim comprovada: o vírus causador da covid-19 pode ser transmitido por fezes ou micropartículas de fezes. Mas gases... não. E, nas ruas, as pessoas andam vestidas, o que barraria a passagem do coronavírus. Já em casa.... todo cuidado é pouco.

Mundo
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO