Asteroide se aproxima da Terra nesta segunda-feira, 14

Rocha espacial 2020 QL2 é considerado um asteroide potencialmente perigoso

Redação Integrada com informações do Estado de Minas

O asteroide 2020 QL2, considerado potencialmente perigoso, aproxima-se da Terra nesta segunda (14), segundo a National Aeronautics and Space Administration (NASA). Relatório da Express UK afirma que a grande rocha foi vista pela primeira vez em 14 de agosto deste ano e, mais recentemente, em 3 de setembro, ao se aproximar deve ter uma velocidade de quase 38.620 km/h (24.000 mph). Atualmente, a rocha está viajando a 10,5 quilômetros por segundo (6,52 milhas por segundo) e tem pouca chance de atingir a Terra.

Com tamanho entre 53 e 120 metros, é considerando "potencialmente perigoso" pela NASA, devido à proximidade com o nosso planeta. Mas agência espacial afirma que quase não há chances de a rocha atingir o planeta. A esperança é de que a espacial siga o caminho atual, o que resultará na passagem cerca de dez vezes a distância entre a Lua e a Terra.

Segundo a agência nacional norte-americana, o asteroide, do tamanho de um campo de futebol, faz parte do grupo Apollo, com corpos que cruzam a Terra com período orbital curto, ou seja, inferior a 200 anos e com semieixos maiores que o da Terra. Isso significa que o asteroide é uma das rochas potencialmente maiores na lista de Objetos Próximos à Terra (NEO) da agência espacial.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!