Zagueiro do Paysandu comemora estreia no clube após cinco meses sem jogar

Fábio Alemão chegou em setembro no Paysandu, ainda pela disputa da Série B, mas nunca tinha entrado em campo

Fábio Will

O empate em 0 a 0 contra o Bragantino, no estádio Diogão, em Bragança (PA), no último sábado (23), marcou a estreia do zagueiro Fábio Alemão, com a camisa do Paysandu. O jogador atuou nos 15 minutos finais da partida, após cinco meses em Belém.

LEIA MAIS

Saiba quem ainda não jogou com a camisa do Paysandu em 2019

Paysandu passa sufoco, fica no empate com o Bragantino e mantém invencibilidade no Parazão

Fábio Alemão, 22 anos, está emprestado ao Paysandu. O jogador pertence ao Internacional-RS e esperava uma oportunidade na equipe bicolor. Alemão imaginava chegar a Belém e atuar, mas soube esperar a oportunidade.

“O que imaginava é que no ano passado eu teria oportunidade, mas acabou não acontecendo. Nós não escolhemos isso e o importante é estar sempre preparado. A estreia foi boa. Ter essa sensação de estar em campo novamente, sentir a torcida, o jogo, a emoção. Isso trouxe de volta tudo que eu já conquistei, tudo que eu passei. Foi um dia marcante e especial”, contou.

TRISTEZA DE NÃO ATUAR MAIS VEZES

Fábio Alemão disse que ficou triste por não ter tido mais oportunidades e que estranhou no primeiro momento a falta de jogos. “Mas sempre respeitei ao máximo a decisão do treinador. É difícil ficar meses sem jogar, ainda mais como eu estava jogando duas vezes por semana. Mas sempre trabalhei, não deixei de me esforçar, me cuidar dentro e fora de campo. Naquilo que eu pude fazer, eu dei o meu melhor”, disse.

MAIS OPORTUNIDADES

O jogador acredita que pode render mais e aceita a decisão do técnico. O tempo em que a defesa do Paysandu não toma gol deu mais confiança ao jogador e acredita que terá novas chances no time bicolor.

“Graças a Deus estamos há quatro jogos sem tomar gol, então é uma evolução muito grande, e você entra na partida com uma confiança muito boa, já que possui uma defensiva forte. Eu sou bem ciente do que eu posso render, daquilo que eu sou. Foi uma questão de oportunidade, de momento. Não gosto de me fazer de vítima e acredito mesmo na opção do treinador, que optou pelo outro, que foi o melhor para a equipe e que minha oportunidade vai chegar novamente”, disse.

O próximo compromisso do Paysandu no Parazão será no dia 10 de março, contra o São Francisco, pela 7ª rodada da competição. A partida será no Colosso do Tapajós, em Santarém e terá transmissão lance a lance pelo OLiberal.com.

Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!