Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Técnico que agrediu árbitra com cabeçada se manifesta: 'quero pedir desculpas'

Marcielly Netto, de 29 anos, foi agredida pelo treinador no último domingo (10), em partida do Campeonato Capixaba

Caio Maia

O ex-técnico da Desportiva Rafael Soriano falou publicamente pela primeira vez após agredir a assistente Marcielly Netto com uma cabeçada em partida do Campeonato Capixaba. Em um vídeo, publicado nas redes sociais, o treinador pediu desculpas à árbitra e disse que quer conversar com Marcielly pessoalmente. 

VEJA MAIS:

Árbitra comenta agressão de técnico que foi demitido pelo clube após cabeçada; vídeo Marcielly Netto, de 29 anos, foi agredida pelo treinador no último domingo (10), em partida do Campeonato Capixaba

"Estou vindo aqui só agora porque no último dia não tinha a mínima condição de falar, condições emocionais. Quero vir a público pedir perdão à Marcielly, que é a grande vítima de toda essa situação. Assim como eu, ela é uma profissional que saiu para exercer o trabalho, não saímos de casa para se envolver em qualquer tipo de problema. Não poderia deixar de pedir perdão à Marcielly. Espero que, depois de responder em todos os meios que são cabíveis, eu tenha a oportunidade de pedir esse perdão pessoalmente e ser perdoado para ficar em paz comigo e com ela", disse Rafael.

O caso ocorreu no final de semana, no intervalo do jogo entre Nova Venécia e Desportiva Ferroviária, pelas quartas do Campeonato Capixaba. Após o apito final do primeiro tempo, uma confusão se formou no meio de campo. O trio de arbitragem foi cercado por jogadores e membros da comissão técnica.

No meio da discussão, Soriano recebeu um cartão amarelo por reclamação. O treinador seguiu exaltado e discutindo com Marcielly. Na sequência, o técnico deu uma cabeçada na assistente e o lance foi registrado pela transmissão da TV Educativa, do Governo do ES. 

Marcielly registrou boletim de ocorrência após a partida e, na manhã da última segunda-feira, realizou exame de corpo de delito. Soriano foi suspenso preventivamente pelo Tribunal de Justiça de Desportiva do Espírito Santo (TJD-ES) por 30 dias.

Palavras-chave

Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ESPORTES

MAIS LIDAS EM ESPORTES