Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

SAF: Após reunião, Condel do Remo cria comissão para estudos da Sociedade Anônima do Futebol

Presidente do Condel, Milton Campos, conversou com a equipe de O Liberal e falou sobre a reunião que ocorreu na Sede do Remo e como o clube busca informações sobre o modelo da SAF

Fabio Will

O Remo deu início aos estudos da SAF (Sociedade Anônima do Futebol) nos últimos meses. A diretoria azulina contratou uma empresa para realizar um estudo do clube e onde ele se encaixa nesse contexto, com o avanço de agremiações neste sentido no Brasil. Atualmente o Cruzeiro-MG e o Botafogo-RJ aderiram à SAF, o Vasco da Gama-RJ está indo pelo mesmo caminho e está nos transmites finais para também aderir. Com isso o Remo formou uma comissão para estudar essa possibilidade, com os prós e os contra de um negócio neste sentido.

VEJA MAIS

Bentes contrata consultoria para calcular 'preço' do Remo e estuda possibilidade de SAF
Presidente do Leão diz que criação de clube-empresa é o futuro do futebol.

SAF avança no Remo, e Condel convoca reunião para debater Sociedade Anônima do Futebol
Em entrevista a Oliberal.com, presidente Fábio Bentes explica que ação faz parte do estudo do clube sobre a SAF e que reunião servirá para começar a 'formar opinião'

SAF: modelo de gestão de clubes é apresentado aos conselheiros do Remo; entenda
Membros do Condel azulino participaram de palestra do executivo Rafael Lacerda, da Universidade do Futebol, para entender novo modelo que pode aportar no Leão Azul

Na última quarta-feira (9), conselheiros do Leão estiveram reunidos na Sede do Remo para ouvir e tirar dúvidas sobre a SAF, que contou com o executivo da Universidade do Futebol, Rafael Lacerda. O presidente do Condel azulino, Milton Campos, esteve à frente da reunião e opinou sobre o assunto. Para Milton, a SAF em um clube como o Remo requer cuidados e que um próximo passo pode ser importante para o futuro do principal esporte da agremiação e cita que a SAF vem para socorrer clubes bastantes endividados.

“Temos que ter muito cuidado com tudo isso. Até o presente momento a lei protege bastante quem está extremamente endividado, mas o Remo não está nesse ponto. Desde 2014 o clube vem ‘fazendo o dever de casa’, com vários presidentes buscando honrar os acordos nas justiça”, disse.

Rafael Lacerda, da Universidade do Futebol, palestrou para os conselheiros azulinos (Cláudio Pinheiro / O Liberal)

Comissão

Uma comissão foi criada pelo Condel com seis conselheiros, que irão buscar informações, debater sobre o assunto e assim repassar informações, junto com a empresa que o Remo contratou para realizar o estudo do clube.

“Montamos uma comissão para estarmos atentos a todos os movimentos. Não tivemos o contato de nenhum investidor, mas é necessário ter pessoas informadas nesse sentido para repassar esse conhecimento aos outros conselheiros. Vamos atrás de uma outra empresa para realizar outro estudo, para no final termos duas opiniões sobre o Remo e onde ele está inserido”, comentou.

Presidente do Condel, Milton Campos (à esquerda), cita a criação de uma comissão para estudos da SAF no Leão Azul (Fábio Will / OLiberal)

Nomes

A comissão que ficará à frente terá como representantes os conselheiros Iverson Braga, Nelson Simas, Marco Lobato, Marco Antônio Cardoso e Antônio Carlos Júnior. Milton Campos informa que é uma possível venda do Remo para que o futebol seja transformado em SAF é algo embrionário, mas que se faz necessário.

“Temos a oportunidade de estudar, ter tempo para pensar e buscar conhecimento. Ter noções, estudado essa situação da SAF, acaba te colocando em alerta, caso chegue algum investidor”, disse.

O que é SAF?

Criada pela Lei 14.193/2021 permite que o clube de futebol se transforme em uma empresa, mas não é obrigatória. A SAF consiste na transformação dos clubes em empresas que participam de torneios profissionais com fins lucrativos e agregam em sua gestão uma tributação mais vantajosa, o que a difere da sociedade anônima, limitada ou clube-empresa, por exemplo.

Mudanças no uniforme, cor, escudos, nome e hino só poderão ser realizadas em comum acordo.

A SAF visa apenas o departamento de futebol, que se desvincula do clube (associados) e ela passaria a ser a responsável por contratações, salários, acordos, sem que afetem o clube.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES