Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Presidente do Remo confirma reformulação 'total' do futebol; veja o que muda

Fábio Bentes concede entrevista coletiva para fazer balanço da temporada e detalhar custos do futebol azulino após fracasso na Série C de 2022

Caio Maia e Pedro Cruz

O presidente do Clube do RemoFábio Bentes, concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira (16) para passar a limpo questões relacionadas à temporada de 2022, que encerrou antes do esperado para o clube. O mandatário azulino confirmou que uma grande reformulação será feia no departamento de futebol, que inclui a saída de jogadores, comissão técnica e dirigentes.

 

O primeiro passo será a saída de todos os gestores de futebol contratados, entre eles o gerente de futebol, João Galvão, e o executivo Nei Pandolfo. Assim como adiantado por O Liberal na última segunda, o técnico Gerson Gusmão também não permanecerá no clube

“A gente reconhece que, na prática, o planejamento não deu certo. Fizemos avaliações internas e mudanças drásticas vão haver para que a gente consiga, no ano que vem, esse objetivo [o acesso]", adiantou Bentes.

VEJA MAIS

A barca iniciou! Remo rescinde com três jogadores nesta segunda-feira; confira os nomes
Leão está fora da Série C e processo de dispensas do elenco iniciou já nesta segunda

Remo faz postagem sobre aniversário de reorganização: 'Momento não é dos melhores para celebrar'
Leão completou 111 anos da sua reorganização nesta segunda-feira (15)

Após eliminação na Série C, Gerson Gusmão será dispensado do Remo; veja detalhes
Reunião nesta semana deve definir rescisão contratual. Em oito partidas pelo Leão, treinador acumulou apenas duas vitórias, com aproveitamento de 41,6%.  

“A gente vai mudar na totalidade o departamento de futebol. Não deu certo. Fomos campeões paraenses, a gente agradece, obviamente, a todos os profissionais que se envolveram, mas o principal objetivo era o acesso. Então a gente vai mudar todo o departamento de futebol e começar a procurar agora. Ainda não tenho nomes a apresentar, nenhuma situação sendo negociada. Vamos primeiro finalizar as relações que já existiam. A tendência é a gente usar essa semana para isso, assumindo os compromissos que a gente possa hornar”, prosseguiu o presidente do Remo.

O Remo provavelmente não entrará mais em campo em 2022. A única competição que resta ao Leão na temporada seria a Copa Verde, torneio que provavelmente não será disputado mais este ano. Sem perspectivas de grandes receitas, o segundo semestre será de cortes de gastos no clube. Seguirão ativos apenas os contratos de patrocínio, que rende aos cofres do Leão algo em torno de R$ 300 mil.

Eliminado na primeira fase da Série C, Remo arrecadou mais de R$ 5,6 milhões em cotas e bilheteria
Apesar da quantia, o Leão não conseguiu montar um time competitivo para a temporada. Folha salarial do elenco estava na casa dos R$ 600 mil, uma das maiores da Terceirona. 

Com risco de cancelamento, futuro da Copa Verde será definido no próximo dia 22, na sede da CBF
Clube do Remo, Paysandu e Tuna Luso estão classificados para o torneio, que pode não acontecer este ano devido a falta de datas no calendário anual

“As nossas perspectivas de receitas para esse ano praticamente não existem, só aquilo que é fixo, de patrocínio. A tendência é que o sócio torcedor reduza, não vai ter bilheteria. Isso é fato. Então vamos ficar com alguns patrocinadores e, obviamente, vai ter o clube para funcionar. A gente vai tentar reduzir ao máximo o custo nesse período para que a gente possa fazer frente a esses desafios até o final do ano”, explicou Fabio Bentes.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES