Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Marlon avalia como positiva troca de Bonamigo por Gusmão no Remo: 'time precisava de uma balançada'

Jogador, que teve o contrato rescindido com o clube após eliminação na Série C, explica forma de jogar de cada comandante.

Caio Maia

Capitão do Remo na temporada 2022, Marlon avaliou o trabalho dos dois treinadores azulinos na temporada: Paulo Bonamigo e Gerson Gusmão. De acordo com o zagueiro, que teve o contrato rescindido com o Leão após a eliminação na Série C, os técnicos tinham modos de trabalhar distintos e que a troca de filosofias de jogo durante uma competição é "normais" em times grandes.

Whatsapp: saiba tudo sobre o Remo. Recêêêba!

"Em time grande é normal a troca de treinador. O trabalho do Gerson era muito bom, mas infelizmente durou pouco tempo. O time não conseguiu assimilar aquilo que ele estava pedindo pelo pouco tempo pra treinar. Cada um tinha seu estilo de jogo. O Gerson é um cara que gosta de trabalhar muito a parte defensiva, enquanto o Bonamigo é um treinador que gosta de fazer com que o time jogue pra frente", avaliou Marlon.

VEJA MAIS

Marlon diz que rebaixamento da Série B prejudicou Remo em 2022: 'pagamos o preço'
De acordo com zagueiro, pressão exercida pelo torcida foi muito maior, dado que na temporada passada, a "pressão não existiu".

Na gestão Fábio Bentes, Remo teve um executivo por temporada; relembre os nomes
Na administração Fábio Bentes, quatro executivos estiveram à frente do futebol e logística do clube.

Em enquete, mais de 70% dos torcedores do Remo são favoráveis a demissão de Gerson Gusmão
Cerca de 73% dos votantes foram favoráveis à dispensa do treinador. Por outro lado, quase 27% dos torcedores acharam a saída precipitada.

Paulo Bonamigo começou a temporada como técnico do Remo. No comando azulino, o treinador conquistou o Parazão de 2022 e deu início a campanha remista na Série C. No entanto, Bonamigo foi demitido na 11ª rodada, quando a equipe foi derrotada pelo Altos-PI, em casa.

Na mesma semana, Gerson Gusmão foi contratado para o posto. Depois de um bom trabalho no Botafogo-PB, o técnico gaúcho assumiu o Leão com o objetivo de devolver a equipe, que estava em 9º no campeonato, ao G-8 do torneio. No entanto, o treinador acumulou apenas duas vitórias em oito jogos e acabou sendo eliminado da Terceirona.

Apesar do desempenho de Gusmão ser abaixo do esperado pela diretoria azulina, Marlon avalia como positiva a chegada do técnico ao Baenão. Segundo ele, o elenco precisava de uma "balançada", já que Paulo Bonamigo, na opinião dele, estava desgastado.

"É difícil falar agora, mas naquele momento o time precisava de uma balançada. Até porque o Bonamigo já estava desgastado e o time não conseguia vencer. Quando o Gerson chegou, ainda conseguimos alguns resultados bons, mas não foram o suficiente", explicou.

Sem perspectiva de calendário para esta temporada, o Remo deve voltar a campo apenas em 2023, para a disputa do Campeonato Paraense. 

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES