Ex-lateral do Remo sofre emboscada com o pai e tem carro depredado por torcedores do Náutico

Torcedores do Náutico atingiram o carro do lateral direito Thiago Ennes, que passou pelo Remo em 2021

Fábio Will

O Náutico-PE está em uma situação delicada na Série B do Campeonato Brasileiro. O Timbu está na lanterna da competição e quase rebaixado para a Série C, faltando três rodadas para o término do campeonato. Em preparação para o jogo contra o Grêmio, na próxima rodada, em Recife (PE), os jogadores se reapresentaram, após a goleada sofrida por 6 a 0 para o Novorizontino-SP e o jogador Thiago Ennes, foi alvo de uma emboscada da torcida do Náutico, próximo ao CT do clube. 

Whatsapp: saiba tudo sobre o Remo. Recêêêba!

O carro em que o jogador e o pai estavam foi danificado, teve o vidro traseiro quebrado, a lataria amassada e o retrovisor arrancado. Ennes está na segunda passagem pela equipe pernambucana. O último jogo dele com a camisa do Náutico foi no dia 9 de setembro.

Thiago Ennes pelo Remo (Samara Miranda / Remo)

VEJA MAIS

Horas antes do Re-Pa da Copa Verde, lateral comunica sua saída do Remo
Thiago Ennes fez 46 partidas com a camisa azulina e marcou dois gols

Remo 2023: veja o que já se sabe até aqui sobre a próxima temporada do Leão
Leão busca anunciar o executivo de futebol o quanto antes, só depois o clube tentará um treinador

Cotado para assumir o Remo, executivo Thiago Gasparino está na Espanha e posta foto no Barcelona
Profissional esteve ao lado de Ronaldo Fenômeno, em visita ao Valladolid, clube que o Fenômeno comprou ações e posteriormente visitou as dependências do Barça

Em Belém

Pelo Remo, Thiago Ennes atuou na temporada 2021, disputando o Parazão, Copa do Brasil, Copa Verde e a Série B. Foram 46 partidas disputadas, sem gols, e terminou o ano rebaixado com o Leão para a Terceira Divisão.

Leia a nota do Náutico na íntegra

“O Clube Náutico Capibaribe vem a público se posicionar, e repudiar de maneira veemente, diante do protesto ocorrido na tarde desta segunda-feira (17) nas proximidades do centro de treinamento Wilson Campos.

Entendemos que toda e qualquer forma de reinvindicação e cobrança é válida, desde que não extrapole os limites éticos e da lei, algo que não aconteceu nesta tarde.

Infelizmente, ao chegar nas proximidades do CT, o atleta Thiago Ennes teve o seu carro depredado, em uma atitude que extrapola qualquer limite aceitável de cobrança. O atleta estava acompanhado do seu pai, de 48 anos, no momento. Por sorte, nenhum dos dois saiu ferido.

O clube lamenta o ocorrido e ressalta que o futebol se faz, sim, com cobranças, desde que estas não ultrapassem os limites aceitáveis que regem a vida em sociedade. O Náutico auxiliará o atleta no que for possível, inclusive na identificação dos responsáveis”

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES